» Hobby » Animais e Animais Domésticos » Adote um gatinho

Adote um gatinho

Galeria
Adote um gatinho

Muitas pessoas desejam ter um animal de estimação para cuidar e fazer companhia. Algumas dão preferência aos cachorros - mais expansivos e bagunceiros. Já outras preferem os gatos, bichinhos individualistas, charmosos e com muita personalidade.

Existem, sim, gatos de raça à venda em pet shops ou até mesmo direto com criadores. Mas, diante da realidade de animais abandonados nas ruas, talvez essa não seja a melhor das opções, pois é preciso que se entenda que existem muitos gatinhos abandonados e precisando de novos donos.

A cada dia, organizações em todo o país recebem um grande número de animais que foram abandonados por seus donos. Essas criaturinhas precisam de um local onde morar, carinho e muita dedicação. Essas organizações promovem adoções coletivas e necessitam de recursos fornecidos por outras pessoas para poderem continuarem com o seu trabalho de conseguir donos para os animais.

Com esse passo a passo será possível obter dicas na hora de adotar um gatinho. Afinal, até mesmo os animais merecem um lar digno, cuidados e amor.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Para quem deseja adotar um gatinho, a primeira coisa a fazer é procurar um local em sua cidade que esteja realizando esse tipo de trabalho. Isso porque o animal certamente já estará vacinado, esterilizado e com um perfil traçado. Essas organizações podem ser encontradas na internet, em meio a fóruns e chats de pessoas que lutam em prol da causa animal.

  2. 2

    Assim que encontrar o local, faça uma visita. Veja como os animais são tratados. Também é bom procurar saber da procedência dos animais, de onde vêm os recursos empregados, etc.

  3. 3

    Também é possível encontrar animais em feiras e eventos. Às vezes, existem até mesmo quiosques com animais disponíveis para adoção. Busque esses locais e faça a sua pesquisa.

  4. 4

    Quando escolher um bichinho, certifique-se de que ele tem a ver com você. É importante que as personalidades sejam compatíveis para que haja uma relação saudável. Pessoas que gostam de dar muito carinho a gatos não são indicadas para um felino menos sociável, que pode se tornar agressivo com o contato físico, comportamento este que pode ter surgido a partir de um histórico de maus-tratos.

  5. 5

    Por fim, organize o seu lar e conscientize as pessoas que moram nele sobre a chegada do bichano. Evite aparecer de surpresa com o animal, sem avisar a ninguém, para evitar conflitos. Separe um lugar para a caixinha de areia e invista em brinquedinhos para que o animal não destrua todos os seus móveis afiando as pequenas garras.

Comentários
blog comments powered by Disqus