» Dinheiro » Finanças Pessoais » Aposentadoria por tempo de contribuição

Aposentadoria por tempo de contribuição

Galeria
Aposentadoria por tempo de contribuição

Na sociedade atual as pessoas se preocupam muito com o futuro e é por isso que elas passam a vida toda contribuindo com a previdência, para garantir a aposentadoria. Para ter acesso ao direito da aposentadoria é necessário entender como funciona. Aqui você vai entender como funciona a aposentadoria por tempo de contribuição.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    A aposentadoria por tempo de contribuição pode ser calculada de forma integral ou de maneira proporcional. Só tem acesso a aposentadoria integral os trabalhadores que comprovam que contribuíram no mínimo trinta e cinco anos para homens e trinta anos para mulher. A aposentadoria proporcional funciona combinando a idade mínima com o tempo de contribuição arrecadada.

  2. 2

    Os homens podem solicitar a modalidade de aposentadoria proporcional se tiverem cinqüenta e três anos de idade e os trinta anos de contribuição completos, somado ao adicional do quarenta por cento em cima do valor que faltava ser arrecadado para ter a idade desejada.

  3. 3

    As mulheres podem requerer a aposentadoria proporcional quando completam quarenta e oito anos de idade e acumularam vinte e cinco anos de contribuição, mais os quarenta por cento do adicional.

  4. 4

    Escolher a aposentadoria proporcional deve ser uma atitude consciente, pois implica na redução proporcional no valor do salário. Nesse caso o fator previdenciário é exorbitante e o salário é de apenas setenta por cento do valor que deveria ser caso fosse aposentadoria integral.

    Só é vantagem a aposentadoria proporcional para quem já se aposentaria com apenas um salário mínimo, pois nenhum aposentado pode receber menos que esse valor, logo a regra dos setenta por cento não é aplicada nesses casos.

  5. 5

    Outro fator que influencia em ter ou não direito a aposentadoria é o tempo de carência, ou seja, um número mínimo de contribuição mensal para que o trabalhador seja realmente segurado da previdência. Para aqueles que começaram a contribuir após 1991 a carência é de no mínimo cento e oitenta contribuições, ou seja, ter contribuído por no mínimo quinze anos. Para quem começou a contribuir antes disso existe uma tabela progressiva.

  6. 6

    O pedido da aposentadoria é algo irreversível, ou seja, a partir do momento que o trabalhador recebe o seu primeiro salário de aposentadoria proporcional não tem mais como voltar atrás ou trocar pela aposentadoria integral. Em todos os casos, a legislação brasileira permite que o trabalhador receba a aposentadoria por tempo de contribuição e continue ativo no mercado de trabalho.

    A aposentadoria deve ser solicitada na agência previdenciária da sua cidade.

Comentários
blog comments powered by Disqus