» Alimentos » Receitas » Arroz carreteiro

Arroz carreteiro

Galeria
Arroz carreteiro

O arroz carreteiro original é um dos pratos típicos do Rio Grande do Sul. Os tropeiros que transportavam o gado não tinham tempo de parar durante as suas andanças, então se alimentavam na estrada mesmo. Eles eram acompanhados por um carreteiro que levava os mantimentos na carreta e acumulava a função de cozinheiro. O arroz de carreteiro tradicional (feito pelo carreteiro) era preparado com charque de boi ou carne de sol e arroz, pois eram os ingredientes mais fáceis de conservar sem refrigeração.

Ao longo do tempo, essa receita fácil ganhou o Brasil e novos ingredientes também. Hoje, a receita de arroz de carreteiro pode levar carne picada, linguiça, bacon, legumes, entre outros.

Instruções

Coisas que você precisa

  • 03 colheres de sopa de óleo
  • 03 colheres de sopa de pimentão
  • Panela de ferro alta
  • 1/2 kg de carne de gado
  • Tábua para picar temperos e carnes
  • 02 tomates grandes sem pele
  • Colher de pau
  • 01 cebola grande ou 02 cebolas médias
  • 03 xícaras de arroz
  • 04 colheres de sopa de tempero verde
  • 250 gramas de charque ou carne de sol
  • 02 litros de água fervente
  • 01 tablete de caldo de carne ou de costela
  • Pimenta preta em pó a gosto
  • Sal a gosto
  • 02 dentes de alho
  1. 1

    Aferventar o charque durante 30 minutos. Tirar da água e lavar em água fria. Picar bem miúdo. Reservar.

  2. 2

    Separar a carne, tempero verde, cebola, pimentão, tomate e o alho. Picar todos esses ingredientes e reservá-los em pratos separados, pois serão adicionados em tempos diferentes.

  3. 3

    Adicionar à panela de ferro já aquecida o charque picado reservado. Observar a quantidade de gordura que ele soltar e ir acrescentando o óleo gradualmente, se achar que 3 colheres de sopa for demais, coloque menos. Acrescentar a carne picada e ir mexendo até que ela esteja bem frita. Experimentar o sabor antes de colocar sal, pois o charque tende a continuar salgado mesmo após a fervura.

  4. 4

    Adicionar a cebola e, quando estiver fritando, colocar o pimentão e o alho. Mexer durante a fritura. Adicionar o tomate e aguardar ele se dissolver. Cuidar para não queimar no fundo.

  5. 5

    Adicionar a água fervente aos poucos. Quando começar a ferver, mexer e experimentar o sabor. Adicionar o caldo de carne ou de costela esfarelado e a pimenta em pó. Mexer, conferir o tempero e acrescentar mais sal, se necessário.

  6. 6

    Esperar o arroz ficar cozido para desligar o fogo. Algumas pessoas preferem que água seque por completo, outras, gostam que fique um caldo. Servir o arroz carreteiro em um refratário e salpicar com tempero verde (salsa e cebolinha) reservados. Bom apetite.

Dicas e AVISOS
  • Para acompanhamento, sirva feijão preto e salada de tomates com cebolas.
  • Frite bem o arroz antes de acrescentar a água fervente, pois o carreteiro ficará mais soltinho.
  • Para receitas mais molhadinhas, uma boa dica é servir fatias de pão caseiro ou pão francês para acompanhar.
  • A receita ficará melhor se for preparada em panela de ferro e também um pouco antes de ser servida.
  • Na hora de servir, coloque o arroz carreteiro num prato refratário e cubra com 100 g de batata palha.
  • Acrescente a água fervente aos poucos, assim será possível controlar se a receita ficará mais sequinha ou mais molhada, conforme o gosto.
  • Antes de secar o arroz, durante o cozimento, poderá colocar 03 folhas de couve picada bem fininha sobre a receita. O resultado é delicioso.
Comentários
blog comments powered by Disqus