» Hobby » Artesanato em miniaturas: saiba fazer

Artesanato em miniaturas: saiba fazer

Galeria
Artesanato em miniaturas: saiba fazer

O artesanato se caracteriza por ser o trabalho feito com as próprias mãos, que hoje em dia está identificado ainda mais com a pessoa que produz artigos relacionados à cultura ou arte popular. Porém, o artesanato cumpre uma função importante na vida cultural e social de um povo, especialmente de um povo como o do Brasil, onde ainda muitas pessoas retiram sua sobrevivência do trabalho desenvolvido diretamente de suas mãos. E quando é o caso de esse artesanato ser em miniatura, a dificuldade aumenta muito e aumenta também a satisfação do artesão com o próprio trabalho, que alcança níveis tão mais elevados quanto pequenas são suas criações.

Instruções
  1. 1

    Para a produção de artesanato miniatura a habilidade do artista/artesão necessita ser ainda maior do que na do artesanato comum. A precisão com que trabalha, sua habilidade manual, sua noção de espaço e muitas outras características devem ser reforçadas para que cada detalhe fique corretamente produzido e montado na peça final e desta maneira ele se torna um especialista nesta área.

    Algo de extrema importância a ser sempre respeitado pelo artesão de miniaturas é a proporção na escala das peças. Se o artesão se propõe a miniaturizar algo em seis vezes, deve observar para que todas as suas partes estejam miniaturizadas nesta mesma proporção, pois daria impressões muito estranhas ao observador ver partes da miniatura de um tamanho e outras partes, ou peças de um conjunto, de outro tamanho. Uma proporção de miniaturização muito utilizada é a de doze vezes, o que significa que se um objeto tem doze centímetros, na miniatura ele terá apenas um centímetro.

  2. 2

    Os materiais mais fáceis de serem utilizados para a confecção de miniaturas são aqueles moldáveis como o Biscuit, pois assim se pode dar praticamente qualquer forma final desejada ao produto de criação. A massa de biscuit pode ser comprada em lojas especializadas ou feita em casa mesmo.

    -O biscuit é preparado com amido de milho, cola para porcelana fria, vaselina, conservante natural (vinagre ou limão)
    Reúnem-se esses ingredientes em uma vasilha para micro-ondas
    Homogeneíza-se bem até ficar uma massa firme
    Leva-se ao forno de micro-ondas por dois minutos e novamente homogeneíza-se
    Repete-se esse procedimento até formar-se uma película sobre a massa
    Retira-se do forno de micro-ondas e sova-se a massa com uma colher, devido a massa estar quente
    Sovar e acrescentar um creme corporal sem silicone
    Colocar a massa em saco plástico virgem para armazenagem, após a massa estar fria.

  3. 3

    Com biscuit, colorido com tinta de tecido, molde pequenas pétalas
    Reúna-as com cola comum ou faça a moldagem das pétalas rápido o suficiente para que o biscuit não seque ao ar e prenda-as através do próprio processo de moldagem.
    Faça pequenos miolinhos circulares de outra cor e cole-os no centro da flor.
    Molde também pequenas hastes e folhas que podem ser reunidas às flores
    Crie vasos e ânforas diminutos, moldados em biscuit, para colocar as flores feitas anteriormente

    Esse pequeno trabalho de iniciação ao trabalho de miniatura com biscuit pode levar à criação de acessórios para acompanhar o vaso de flores, tais como uma mesinha, um tapetinho para ficar por baixo dela, um pequeno sofá para ficar ao seu lado, uma luminária que ilumine o sofá e assim começar a criar todo um pequeno mundo modelado em biscuit.

  4. 4

    Outro material muito utilizado é a madeira ou o MDF, mas na verdade, para que está iniciando, materiais mais simples são mais indicados para não haver desperdícios na compra de matéria prima dispendiosa para o aprendizado de algo que necessitará de bastante treino e aperfeiçoamento até se tornar digno de bons materiais. Outro motivo é o uso de materiais recicláveis o que seria um imenso benefício para o meio ambiente.
    -Sala de leitura em Miniatura

    Comece com um pedaço de papelão (2 mm de espessura) de 15 X 15 cm para a base e um pedaço de 26 X 9,5 cm para as paredes.
    Dobre o das paredes ao meio e recorte uma janela de 4 X 3,5 cm
    Faça o revestimento do chão e paredes com papéis estampados e cole a parede em ângulo reto sobre o chão
    Na parte externa, faça o revestimento com papel liso.
    Faça um futon usando um pequeno pedaço de espuma embrulhado em tecido vermelho e fechado com cola
    Marque pequenos pontos simetricamente e costure-os com apenas alguns pontos em cada um deles, formando os declives do futon
    Faça almofadas brancas para colocar sobre o futon com tecido branco dobrado recoberto com renda em seguida colada.

  5. 5

    Para as molduras das janelas recorte pequenas tiras de papelão, passe carimbeira e cole.
    Um vasinho se faz com um cilindro de papel, várias folhinhas recortadas em um papel firme e moldadas para dar volume, coloca-se enchimento no vaso e cola-se as folhinhas.
    Para fazer as venezianas podem-se aproveitar recortes de imagens de revistas para sobrepor e colar.
    Da mesma maneira, outros objetos que precisem de volume como a cômoda, podem ser feitos com uma pequena caixinha (de fósforos, remédios, etc), revestida e sobreposta com colagem e sujeita a acabamento com carimbeira ou outro tipo de material para diferentes efeitos de cor e texturas.
    Faça uma prateleira com um retângulo e dois triângulos de papelão tingidos com carimbeira marrom.
    Livros colocados na prateleira podem ser recortados de revistas e colados em papel firme.
    Objetos de decoração e utilitários, como quadros, computador podem ser também colados e recortados em papéis rígidos e utilizados para compor o acabamento do ambiente.
    Podem-se fazer diversos outros objetos com técnicas parecidas e derivadas dessas e com muita criatividade.

Comentários
blog comments powered by Disqus