» Saúde » Doenças e Enfermidades » Berne em humanos: saiba mais

Berne em humanos: saiba mais

Galeria
Berne em humanos: saiba mais

A doença miíase, conhecida pelo nome popular Berne é causada por larvas de mosca. A mosca deposita os seus ovos numa fenda ou ferida da pele. Deles surgem ao fim de algum tempo larvas, que iniciam um processo de infecção do organismo humano. Na zona onde as larvas se instalaram surge a coceira, algum ardor e picadas. Aprenda de seguida como tratar esta doença, evitando que se propague.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Em primeiro lugar, para tratar alguém com berne é necessário ter as mãos bem lavadas. Para uma boa higienização das mãos deve passar bastante sabão entre os dedos, no dorso e na palma da mão. Deve também ter em atenção as unhas e o pulso, pois estão são regiões comumente esquecidas. Depois de lavar bem as mãos e antes de tocar na ferida da pessoa a tratar, coloque luvas de plástico descartável.

    De seguida limpe e lave bem o local da ferida a tratar. Lave com água corrente e sabão, utilizando se possível um sabonete com propriedades microbicidas (antimicróbicos). Seque bem a ferida com uma toalha macia e limpa ou com lenços de papel. Depois de lavada, desinfete a ferida com álcool etílico. Deverá utilizar um álcool de pelo menos 70% de graduação. Com a ajuda de um pouco de algodão embebido em álcool limpe bem a ferida.

  2. 2

    Prossiga o tratamento apertando a zona em redor da ferida com uma das mãos. Vá apertando com força até que surja à superfície a larva. Com a outra mão, e o auxílio de uma pinça previamente esterilizada com água a ferver e álcool, retire as larvas. Repita o processo até que deixem de sair larvas da ferida.

    O método de tratamento descrito acima é adequado apenas para lesões cutâneas. Caso a infecção se situe nos ouvidos, nariz, boca, olhos ou zona erógenas, deverá recorrer aos serviços de um médico para a tratar. Isto pois, nessas zonas, há maiores riscos de causar danos secundários tentando retirar as larvas.

  3. 3

    Um remédio popular muito utilizado é o toucinho quente. O método é o seguinte: na zona da ferida coloca-se um pedaço de toucinho quente. Deixa-se ficar o toucinho em cima da ferida por alguns minutos. Este procedimento faz com que as larvas fiquem com falta de ar, o que faz com que estas venham à superfície. Desta forma, é possível retirar as larvas da mesma forma que no método descrito anteriormente. Em vez de utilizar toucinho quente, pode utilizar gaze, que o efeito é o mesmo. Lembre-se sempre de retirar as larvas com a ajuda de uma pinça e nunca com as mãos.

Comentários
blog comments powered by Disqus