» Alimentos » Receitas » Bordados a Mão Passo a Passo

Bordados a Mão Passo a Passo

Galeria
Bordados a Mão Passo a Passo

Agulhas são conhecidas desde achados pré-históricos para costura de couros e peles para confecção de roupas simples muito antes da invenção do tear. O ornamento decorativo proporcionado pela agulha até o nascimento do bordado, não foi longe. Assim, podemos ver o bordado certamente como uma das habilidades artesanais mais antigas da humanidade. Um componente importante da arte têxtil, que tem sido tradicionalmente uma das mais importantes expressões no mundo inteiro em diversas civilizações.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    No bordado à mão é importante não deslocar a imagem que vai bordar sempre deixando de dois a três centímetros de folga. É o suficiente para deixar espaço para ponto-cruz quando começar e quando você termina o nó não constrói quando você começa segurando o dedo indicador esquerdo para o fim e cair para iniciar.

    Ponto cruz a partir do centro para fora do meio funciona como uma queda grande para fora das bordas. Começar a partir do centro poupa muito mais tempo e deve, no entanto, preparar-se para centrar a imagem sem abandonar o ponto cruz deixando-a de forma equilibrada.

  2. 2

    Solte o número da linha restantes, bem como colocar a agulha em espera no final do quarto, literalmente mova a agulha em direção ao trecho desalinhado para liberar a torção do fio, de modo que o meio não saia do lugar.

    Distância de um centímetro ou menos é adequada para terminar o primeiro movimento com um acabamento bem feito. Use fios transparentes para evitar a visibilidade quando for necessário mover a agulha muito longe, sem perder a firmeza da imagem ao qual se quer bordar esticado para evitar trabalhos posteriores alterações.

    Durante um ponto-cruz, deve-se ter cuidado quando bordar na forma de "X", pois para mover a agulha vai sobrepor-se
    na direção acima e abaixo e é preciso sempre corresponder a mesma direção. Caso contrário, quando você terminar o bordado depois se rendeu olha aparência com péssimo acabamento.

  3. 3

    As observações finais dizem respeito a puxar a linha com muita força ou com menos intensidade. A tendência é uma peça muito solta ou distorcida em um dos lados.

    Geralmente cinquenta a sessenta centímetros de comprimento de corte permite uma divisão de lado a lado perfeita. Recomenda-se que ao pegar uma extremidade do quarto por roubar fio ocasionalmente. No entanto se segurar os dois fios no meio e separar o fio de arrancar, verá que não restará fiapos nem pontas soltas no trabalho final. Prestando atenção nisto o bordado ficará do jeito esperado.

Comentários
blog comments powered by Disqus