» Casa » Calculo fgts em atraso: saiba fazer

Calculo fgts em atraso: saiba fazer

Galeria
Calculo fgts em atraso: saiba fazer

O FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) foi desenvolvido em 1966 pelo Governo Federal, sendo uma das maiores conquistas recebidas pelos trabalhadores brasileiros. Sua finalidade é ajudar os trabalhadores em casos como demissão ou doenças que prejudiquem a capacidade de produção deles. Assim como, câncer apresentando laudo médico, RG ou CPF para pode obter o saldo do FGTS que estar em sua conta.

O FGTS é um direito do trabalhador, portanto conforme a legislação trabalhista no país um empregador ao contratar um funcionário deve inscrevê-lo na Previdência Social, sendo que por mês, o empregador tem a obrigação a depositar na Caixa Econômica Federal 8 % do salário de seus funcionários.

As empresas devem contratar um contador para fazer os cálculos do FGTS devido e fazer o pagamento por meio de guias os quais podem obter através do site Conectividade social. Caso o empregador atrase no recolhimento do FGTS o empregador será penalizado de acordo com o artigo 22 que pertence a lei 8.036/90 são: Incidência da Taxa Referencial proporcionalmente aos dias em atraso, incidência de 0,5 % juros de mora, entre outros. Confira como calculo fgts em atraso e muito mais.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Primeiramente acesse o site, este pertence a Caixa Econômica Federal. Ao acessar, você encontrará um programa de computador o qual vai auxiliar no calculo do FGTS em atraso.

    Neste link você terá um programa o qual facilitará a realização dos cálculos, somente deve colocar os dados de maneira exata que o software vai calcular automaticamente.

  2. 2

    Para calcular o FGTS em atraso manualmente, você deverá preencher no papel a quantia do salário pago ao empregado e depois adicione comissões adicionais como horas-extras.

    Após o preenchimento dos dados pedidos some todos os cálculos e pegue o valor do resultado e multiplique por 8 %.

  3. 3

    Para finalizar ponha o valor da taxa referencial, os juros mora e a multa dos meses em atraso. Portanto, com essas informações siga as dicas corretamente e boa sorte!

Dicas e AVISOS
  • Procure trabalhar formalmente para poder se beneficiar de direitos como FGTS.
  • O FGTS é obrigatório ao empregador, sendo ilegal descontar o FGTS em cima do salário do funcionário.
  • O trabalhador pode utilizar o seu FGTS em caso de obter bens como uma casa. No entanto, dependerá de quanto este terá em sua conta.
  • O depósito do FGTS deve ser efetuado todo mês até o dia 7. Caso o dia 7 não for dia útil, o recolhimento terá que ser antecipado.
Comentários
blog comments powered by Disqus