» Alimentos » Receitas » Carne seca com aipim frito

Carne seca com aipim frito

Galeria
Carne seca com aipim frito

A carne seca com aipim é um prato típico da comida nordestina, e hoje faz sucesso como aperitivo em bares e restaurantes. Vamos ensinar a preparar carne seca com aimpim frito que vai agradar o paladar de todos em casa.

Dificuldade
Fácil
Instruções

Coisas que você precisa

  • 400 ml de oléo
  • 01 pé de alface americana
  • 1 1/2 k de carne
  • 1 k de mandioca (aipim)
  • queijo ralado
  • 02 ovos inteiros
  • sal à gosto
  • Sal grosso
  1. 1

    Para fazer carne seca, usa os seguintes cortes de carne: chã de dentro, chã de fora e maçã de peito.
    Forre o fundo de uma vasilha de plástico com tampa com sal grosso, deite a carne por cima do sal e cubra-a com mais sal grosso, tampe a vasilha e deixe ali por três dias. Pode ser a peça inteira, isto é, o pedaço, ou cortada em grandes bifões de espessura grossa.
    Quando for prepara-lá, lave em água corrente para retirar o excesso de sal, não precisa deixar de molho na água, senão perde por completo o sal e não fica com sabor e características de carne seca, corte em pedaços pequenos.

  2. 2

    Em uma panela, coloque oléo para esquentar, deposite os pedaços de carne, para fritar, até ficar bem dourada. Retire e reserve.

    Aipim (mandioca) frito:
    Pegue a mandioca (de preferência a mandioca branca, pois a amarela, com o cozimento, fica desmanchando), lave, corte em pedaços e leve para cozinhar em 500 ml de água. Quando estiver macia, escorra a água e reserve.
    Em um prato, quebre dois ovos inteiros, pegue a mandioca fria e passe no ovo que deve estar com um pouco de sal, imediatamente leve-o para fritar em uma frigideira com óleo quente. Vá virando ambos os lados, quando ver que está dourada, retire e reserve.

  3. 3

    Em uma travessa, cubra com folhas de alface americana bem lavadas e deposite a carne seca e o aipim frito. Se quiser, pode jogar queijo ralado por cima, levar ao forno para derreter e servir em seguida..

    Bom apetite.

Dicas e AVISOS
  • A história da carne seca é muito interessante, pois os tropeiros (viajantes) utilizavam do artificio de salgar a carne disponível e armazenar em um recipiente para que mantivesse a conservação. Esse procedimentos fazia com que a carne perdesse água e durasse por mais tempo.
  • Algumas pessoas preferem fazer como antigamente: pegar a peça de carne, salgar em ambos os lados com sal grosso e deixar sob o sol por 24 horas. REduz o tempo de preparo porém este procedimento viabilizava a proliferação de moscas e outros insetos já que a carne está exposta.
Comentários
blog comments powered by Disqus