» Família » Férias e Planejamento de Viagens » Chile turismo: o que fazer e onde ficar

Chile turismo: o que fazer e onde ficar

Galeria
Chile turismo: o que fazer e onde ficar

O Chile, situado na América do Sul, fica situado na costa entre o oceano Pacífico e os Andes. É, por isso, um dos poucos países do continente que não tem fronteira com o Brasil. No entanto, não deixa de ser um excelente destino turístico para se visitar, com excelentes atrações, beleza natural de cortar a respiração, cidades belas e uma cozinha deliciosa.

Se está planejando umas férias no Chile, confira aqui algumas dicas para melhorar a sua viagem e veja onde ficar, o que comer e o que visitar no país. Boa viagem.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Viajar para o Chile é bastante fácil, rápido e confortável. Os brasileiros não necessitam de passaporte para entrar no país e existem voos diretos de São Paulo para Santiago, com escala em Buenos Aires, na Argentina, e Montevideo, no Uruguai. Para se locomover no país pode optar por várias opções: se preferir alugar uma van, num dos serviços disponíveis no aeroporto, irá ganhar maior independência, mas é uma opção menos econômica; se optar antes por tomar os transportes públicos, pode escolher uma das duas empresas de ônibus que levam até ao centro da cidade. Ou então, claro, pegue um taxi, cujo trajeto até à cidade custa cerca de 26 reais, ou seja, 13 mil pesos.

    Em Santiago e em outras cidades do Chile pode viajar de trem, de ônibus ou mesmo de metrô.

  2. 2

    Uma viagem ao Chile que dê para visitar os principais locais nunca deve ter menos de 4 dias. O ideal será, no entanto, 6 dias.

    Não deixe de visitar o centro histórico da capital, onde poderá entrar no mercado central e sentir o pulsar da vida chilena. Procure também as atrações naturais do Parque Bicentenário e do Cerro San Cristóbal. Não falte a uma egustação dos famosos vinhos chilenos, como por exemplo na na Concha y Toro. Para comprar e recordações, vá ao Parque Arauco ou então a Pomaire, onde encontra o melhor artesanato local.

    Além da capital, os pequenos povoados típicos do Chile são excelentes atrações turísticas, como San Pedro de Atacama, que tem o deserto mais árido do mundo. Sabia que a Ilha de Páscoa também faz parte da jurisdição chilena? Vá também a Pucón para visitar o vulcão Pucón e onde poderá praticar várias atividades externas. E, claro, não pode deixar de conhecer a bela região dos Lagos Andinos. Finalmente, vá a Valparaíso, que é patrimônio cultural da Humanidade.

  3. 3

    No Chile não esqueça de provar a saborosa cozinha local. Coma uma Parrillada de carnes na brasa, prove as famosas empanadas parecidas com as brasileiras esfihas), delicie-se com a Cazuela de frango (espécie de sopa), peça Humitas na sua salada de tomate e alface e escolha um Pastel de choclo para sobremesa. Para aperitivo beba um Pisco Souer, feito à base de aguardente de uva, e obviamente não deixe de experimentar os famosos vinhos chilenos, nomeadamente o Carbenet Sauvignon Blanc ou o Chardonnay.

    Não se esqueça que a moeda é o Peso chileno e que os preços são ligeiramente mais baixos do que no Brasil. Alguns locais aceitam dólares, mas pode trocar facilmente os reais por pesos em qualquer loja de câmbio.

    Em Santiago, opte por um hotel para ficar junto do metrô. Las Condes, El Golf ou Bellavista, por exemplo, são excelentes escolhas porque estão igualmente perto dos bons restaurantes.

Comentários
blog comments powered by Disqus