» Família » Bem-Estar da Família » Cólicas na gravidez: saiba mais

Cólicas na gravidez: saiba mais

Galeria
Cólicas na gravidez: saiba mais

Embora a gravidez seja um período de modificações físicas e emocionais, existem alguns fenômenos aos quais a mulher deve estar atenta, nomeadamente o surgimento de cólicas (dor localizada que tende a ocorrer em órgãos como o intestino, estômago e útero), que incidem principalmente durante o primeiro e último trimestres do período de gestação.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    As cólicas se caracterizam por uma dor cíclica que tende a aumentar em termos de intensidade até atingir um clímax, após o qual vai melhorando de forma progressiva. No caso de as mesmas surgirem durante a gravidez, saiba que se trata de um fenômeno normal decorrente das dores uterinas ou da movimentação do feto - sobretudo nos últimos meses -, desde que não ocorram de forma intensa ou com muita frequência.

    As mulheres que estejam a experienciar a sua primeira gravidez ou que já tenham passado por uma cirurgia são especialmente propensas a este tipo de problema.


  2. 2

    É importante diferenciar as cólicas enquanto episódios pontuais ou na qualidade de sintoma para um problema de saúde mais sério. Existem casos em que as dores se encontram relacionadas com aborto, sobretudo quando tendem a se agravar na intensidade com que ocorrem e são acompanhadas por sangramento. Por outro lado, se a gestação já se encontrar em uma fase adiantada, as cólicas podem indiciar a possibilidade de se tratar de um nascimento prematuro.

  3. 3

    Para diagnosticar e tratar as cólicas, é imprescindível que realize uma consulta com o seu obstreta, que lhe indicará quais os cuidados e medicamentos adequados ao seu caso. Em adição, existem outras precauções que poderá adotar, como a abstinência sexual, a observação de tempo de repouso necessário e a vigilância do seu estado de saúde através da realização de exames periodicamente.

    Cuide igualmente da sua alimentação, preferindo legumes, frutos, peixes ricos em ómega 3 (como o salmão) e hidratos de carbono integrais; o consumo de doces, refrigerantes, gorduras, carnes vermelhas, frituras e alimentos processados deve ser cuidadosamente doseado. Além disso, ingira pelo menos dois litros de água diariamente, de modo a repôr os líquidos perdidos e a manter os níveis de hidratação do seu organismo.

  4. 4

    As dores associadas às cólicas podem melhorar bastante se a gestante mudar de posição e/ou realizar exercícios que promovam o relaxamento, como o yoga.

Dicas e AVISOS
  • O acompanhamento médico é imprescindível durante a gestação, de modo a verificar as causas, sintomas e tratamento das cólicas e de eventuais complicações de saúde que possam surgir neste período.
Comentários
blog comments powered by Disqus