» Dinheiro » Negócios » Como abrir uma empresa Sebrae

Como abrir uma empresa Sebrae

Galeria
Como abrir uma empresa Sebrae

Para abrir uma empresa, a burocracia é tem um nível elevado. É tão complexo quanto o registro de uma criança em um cartório. Para que possamos abrir uma empresa, precisamos de tempo, para executar todos os processos de sua abertura. Vejamos a seguir quais são os procedimentos necessários.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Primeiramente, o empresário deve ir á Junta Comercial de sua região para fazer o primeiro registro da empresa, que seria como um bebê, que acaba de nascer e está sendo registrado em cartório, com sua certidão de nascimento, o que representa a criação da empresa. Após a empresa ser registrada, deve ser entregue pela Junta Comercial o NIRE (Número de Identificação do Registro da Empresa), geralmente composto com uma etiqueta ou com um carimbo. Para que o empreendedor possa adquirir o NIRE, é necessário que ele providencie:

    O Contrato Social, que concretiza o interesse no empresário e seus sócios (caso hajam), com o propósito do negócio e a descrição do aspecto societário, em três vias
    RG e CPF originais de cada sócio (caso hajam), acompanhado de cópias autenticadas
    Requerimento padrão (via única)
    FCN (Ficha de Cadastro Nacional) modelos de tipos 1 e 2 (via única)
    Pagamento das taxas por meio de um DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais).

  2. 2

    O empreendedor deverá encaminhar a inscrição do número do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) de sua empresa na Receita Federal. O registro do número de CNPJ pode ser realizado apenas pela internet, no site da Receita Federal. Na página inicial do site, está disponível uma lista, com a relação dos documentos necessários para que o número do CNPJ possa ser registrado. Após anotar a lista com todos os documentos e providenciá-los, o empresário deverá enviá-los á unidade mais próxima da Receita Federal pelos Correios ou pessoalmente. Depois que a Receita Federal fizer a conferência de todos os documentos solicitados, ela enviará a resposta ao empreendedor, por e-mail.
    Depois de obter o número do CNPJ o empreendedor irá escolher o sistema no qual sua empresa irá se encaixar, que será aquele no qual o governo irá montar o esquema de tributação da mesma.

  3. 3

    Agora, o empreendedor deverá solicitar o Alvará de funcionamento de sua empresa. Para isso, o empresário, com o número do CNPJ em mãos, deverá comparecer á prefeitura da cidade na qual sua empresa irá desenvolver suas atividades, portando os seguintes documentos (além de um formulário para preenchimento, disponibilizado pela própria prefeitura):
    - Consulta de endereço aprovada
    - Cópia simples do CNPJ
    - Cópia simples do Contrato Social
    - Laudo dos órgãos de vistoria (como o corpo de bombeiros, por exemplo), caso seja necessário.

  4. 4

    Com o Alvará de funcionamento em mãos, o empreendedor deverá buscar a Inscrição Estadual da empresa, que deve ser feita na Secretaria Estadual da Fazenda. Sem a Inscrição Estadual, não é possível fazer a inscrição no sistema do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Para tal, deverá providenciar os seguintes documentos:
    RG e CPF dos sócios (caso hajam)
    DCC (Documento Complementar de Cadastro) - Via única
    Comprovantes de endereço dos sócios (caso hajam), cópia autenticada ou original;
    Cópia autenticada de um documento que comprove que o empreendedor está autorizado a utilizar o imóvel localizado no endereço da empresa, acompanhado do contrato de locação ou escritura do mesmo
    Número de cadastro fiscal do contador responsável pela empresa
    Comprovante do ISS
    Certidão da Junta Comercial
    Cópia - Ato constitutivo
    Cópia - Alvará de funcionamento
    Cópia - do CNPJ.

  5. 5

    Agora, o empreendedor deve realizar o cadastro na Previdência Social, para que possa pagar seus tributos. Em 30 dias após o início das atividades na empresa, o cadastro estará realizado. Por último, o empresário deverá acertar, junto á prefeitura, o aparato fiscal, para que possa autenticar livros fiscais e imprimir as notas fiscais da empresa.

Comentários
blog comments powered by Disqus