» Casa » Segurança e Dicas Domésticas » Como acabar com as baratas

Como acabar com as baratas

Galeria
Como acabar com as baratas

As baratas são insetos que causam repulsa em praticamente todas as pessoas. Esses insetos além de incômodos podem ser altamente perigosos, por que, uma vez dentro de casa, podem ter acessos a diversos lugares – como a gaveta dos talheres – e transmitir várias doenças, já que andam por todo o tipo de lugares, como esgotos por exemplo.

Se livrar das baratas não é tarefa muito fácil, pois elas se reproduzem de maneira alarmante, e talvez você ainda não soubesse, mas para cada barata que vemos em nossa frente, existe uma média de mil escondidas no ambiente.
Confira aqui dicas para se livrar e evitar a presença dessas visitantes indesejáveis.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Baratas detestam o ambiente um ambiente limpinho cheirando a desinfetante, por isso, procure limpar regularmente e manter sempre a casa organizada, pois locais úmidos, sujos e bagunçados são a hospedagem perfeita para elas. Dê atenção especial a limpeza do banheiro e da cozinha, pois são lugares onde elas mais gostam de freqüentar.

  2. 2

    Não dê chance para que elas se alojem em algum lugar de sua casa, fazendo ninhos, portanto:

    - Se livre de excessos de papéis e coisas que você não usa que possam estar estocados em algum lugar da casa, pois esse tipo de lugar é onde elas fazem seus ninhos.

    - Feche possíveis buracos ou rachaduras que existam nas paredes, ou falha na pintura ou no papel de parede. Evite também espaços mortos e vazios na casa, como a parte de trás do sofá, da geladeira, do fogão e dos outros móveis, pois elas costumam se esconder nestes locais.

    - Tape qualquer buraco, fresta ou fechadura que possa servir de passagem para esses insetos. Mantendo a casa bem fechada, você terá menos chance de receber esse tipo de visitante indesejado.

  3. 3

    Caso você não saiba, baratas conseguem ficar longos períodos sem se alimentar, mas tem grande necessidade de consumir água regularmente, portanto deixe-as com sede. Nesse caso, a melhor escolha é não deixar água acumulada em nenhum lugar da casa, em nenhum cômodo, nem no quintal. Evite qualquer umidade que possa existir pela casa. Essa medida ajuda a prevenir também os mosquitos da dengue.

  4. 4

    Espalhe ácido bórico pelos lugares que elas visitam mais freqüentemente. O ácido bórico é um inseticida que não é tóxico para humanos, mas de qualquer maneira é bom tomar cuidado ao manusear, cuide para não inalar e use luvas para manuseá-lo, pois pode causar irritação na pele e nos olhos. Deixe fora do alcance das crianças, pois ingeri-lo sim é altamente tóxico.
    Uma doa dica, é misturar o ácido bórico com açúcar, assim ele será atrativo para ser ingerido por baratas, formigas, moscas e outros insetos.

  5. 5

    Borrife inseticida – a base de água – por toda a casa, especialmente por baixo dos móveis e em frestas de portas e janelas. Espalhe também aquelas armadilhas para baratas por lugares estratégicos da casa, como por exemplo, dentro dos armários da cozinha.
    Outra dica boa é passar inseticida na sola dos sapatos, assim ao andar pela casa, você pisa nos ovos que as baratas espalham pela casa – invisíveis a olho nu – e os mata. O inseticida na sola dos sapatos é bom também para matar de vez a barata ao pisoteá-la.

  6. 6

    Animais domésticos como cães e, principalmente, gatos, são ótimos caçadores de ratos e baratas. Se você não for contra esses animais, eles poderiam ser bons aliados nessa guerra contra as baratas.

  7. 7

    Lembre-se que demora até se livrar de vez de todas as baratas em sua casa, pois elas se reproduzem muito rápido, e se escondem muito bem, portanto tenha paciência e repita os métodos várias vezes.

    Se a infestação de baratas estiver fora do seu controle e esses métodos não serem capazes de acabar de vez com elas, chame um profissional para lhe auxiliar. Não faça uso de produtos altamente tóxicos dentro de sua casa, pois eles podem ser prejudiciais a sua saúde e a saúde de toda sua família.

Comentários
blog comments powered by Disqus