» Tecnologia » Software » Como calcular diâmetro

Como calcular diâmetro

Galeria
Como calcular diâmetro

Os cálculos de figuras geométricas figuram em um dos mais importantes patamares para o desenvolvimento da engenharia e ciências. Apesar de simplórios, círculos, triângulos, quadrados e etc., são formas presentes em todos os aspectos da natureza e do nosso mundo físico. A junção de suas formas formam diversas figuras, e o desmembramento dessas figuras em figuras mais simples nos permitem diversos cálculos. Obviamente que para a engenharia moderna, esses cálculos são apenas base para cálculos muito mais complicados. Entretanto, como dito, são a base, e ainda podem nos ser úteis em diversas situações cotidianas. Trataremos aqui dos cálculos do círculo.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Primeiramente, vamos definir o que é um circulo e suas medidas:
    Na geometria euclidiana, um círculo, ou circunferência, é formado por pontos que se distanciam de um ponto cento central, o raio. Imagine diversos pontos dispostos todos a uma mesma distância de um mesmo ponto central, vão formar o desenho de um círculo.
    São as medidas de um círculo:
    Raio: Compreende a distância do centro do circulo até sua extremidade, ou seja, metade do diâmetro
    Diâmetro: Compreende a maior distância de uma extremidade a outra, em outras palavras, é o comprimento de uma reta de atravessa o centro do círculo. É o dobro do raio.
    Perímetro: Compreende o tamanho da circunferência do círculo.
    π (PI) – O PI é uma constante de valor 3,14, no entanto, a quantidade casas decimais são infinitas, mas para cálculos de pouco precisão 3,14 é suficiente. O PI é essencial para qualquer cálculo com círculos e seu valor se dá pelo resultado sempre constante da divisão do perímetro do círculo por seu diâmetro. As tentativas de encontrar o PI se perdem na antiguidade, no entanto está creditada ao grande matemático Arquimedes de Siracusa a primeira tentativa rigorosa de encontrar o PI. Outros matemáticos após ele executaram a mesma tarefa, como Ptolomeu de Alexandria, Liu Hui e Tsu Ch’ung-chih da China e Aryabatha da Índia. A diferença entre o que eles encontraram foi a quantidade de casas decimais e precisão do cálculo, lembrando que naquela época era muito difícil ir muito longe. Hoje com os computadores podemos calcular o PI com centenas de milhares de casas decimais.

  2. 2

    Com base nestes dados podemos realizar diversos cálculos, desde que tenhamos uma das variáveis. Veja exemplos:
    Se,
    π = Perímetro / Diâmetro, resultado sempre 3,14
    Então calculamos,
    Diâmetro = Perímetro / 3,14
    Perímetro = 3,14 * Diâmetro
    Raio = Diâmetro / 2
    Se tem disponível apenas o raio e deseja-se o diâmetro e o perímetro, podemos fazer o seguinte:
    Perímetro = (Raio * 2) / 3,14
    Diâmetro = Raio * 2

  3. 3

    Podemos ainda proceder com o cálculo da área de um círculo, que é dado por:
    Área = 3,14 * Raio * Raio

Comentários
blog comments powered by Disqus