» Dinheiro » Procura por Emprego e Vida Profissional » Como calcular o fgts

Como calcular o fgts

Galeria
Como calcular o fgts

O FGTS - Fundo de Garantia por Tempo de Serviço é uma obrigação de cada empresa ao empregado. Seu surgimento ocorreu em 1988 e até hoje permanece em vigor. Ela é regida pela Lei 8.036/1990 e suas alterações como também presente no artigo 457 e 458 da CLT - Consolidação das Leis de Trabalho. Todas as empresas estão sujeitas a realizarem o recolhimento mensalmente e se descumprirem essa lei, pagam multas. O devido depósito é feito através da Caixa Econômica Federal.

Toda empresa tem essa obrigação mensal em recolher na conta do empregado, por meio do número do seu PIS. Para calcular o valor de recolhimento usa-se a alíquota de 8% sobre sua remuneração. Essa alíquota deve ser dada somando o salário e mais outras verbas que o empregado recebe dentro do seu mês vigente. Se você quer saber como calcular veja abaixo como realizar este cálculo de forma simples e sem complicações. Confira o passo a passo abaixo.

Dificuldade
Fácil
Instruções

Coisas que você precisa

  • Calculadora
  • Papel, Caneta
  1. 1

    Obtenha todas as informações necessárias para iniciar o cálculo. Essas informações são: o seu salário, se houve no mês recebimento de comissões, horas-extras, gratificações, gorjetas, adicional noturno, enfim, tudo que incorporou na soma de sua remuneração. Por exemplo, veja abaixo um modelo:

    Salário - R$ 1.000,00
    Comissão - R$ 300,00
    Hora-Extra - R$ 50,00

    Remuneração - R$ 1.350,00.

  2. 2

    Com todas essas informações em mãos, faça o seguinte:

    Pegue o valor de sua remuneração e multiplique por 8%. Veja o exemplo abaixo com a remuneração do primeiro passo:

    Remuneração - R$ 1.350,00 x 8% = R$ 108,00.

    Este R$ 108,00 deverá ser o valor de recolhimento ao empregado no mês vigente ou se você é empregado este é seu valor devido naquele mês.



  3. 3

    Depois de encontrar o valor de recolhimento deve-se fazer o pagamento até o dia 7 do mês subsequente. O empregado possui acesso a verificar se esses depósitos em sua conta estão sendo feitas por meio da Caixa Econômica Federal.

Dicas e AVISOS
  • O valor de fgts deve vir discriminado no contra-cheque do trabalhador.
  • Verifique corretamente se seu PIS está correto na empresa.
  • Não esqueça que além do salário, deve-se entrar para o cálculo as outras verbas como gratificação, comissões, hora-extra, gorjetas, adicional noturno e outros.
  • Para empregada doméstica é opcional o devido recolhimento.
  • Você só pode sacar se a empresa demiti-lo sem justa causa.
  • Os valores de fgts depositado em sua conta são somados mensalmente.
  • O recolhimento é mensal.
Comentários
blog comments powered by Disqus