» Casa » Segurança e Dicas Domésticas » Como coletar sangue

Como coletar sangue

Galeria
Como coletar sangue

A coleta de sangue tem como finalidade reunir uma certa quantidade de sangue necessária para a realização de procedimentos de diagnóstico ou para a realização de transfusões sanguíneas.

A coleta de sangue exige alguns conhecimentos técnicos de anatomia e fisiologia e deve ser realizada por pessoal capacitado. Apesar de não haver muitos riscos para a pessoa a quem é coletado o sangue, uma má execução pode provocar dor e conduzir, por exemplo, à formação de hematomas.

A coleta de sangue deve ser sempre feita com material estéril, de uso único. Os tubos ou sacos de transfusão para onde é coletado o sangue devem ser sempre devidamente identificado, antes de se proceder à coleta com os dados do indivíduo e data da coleta. Para análises laboratoriais, é coletado cerca de 1 ml para cada tubo, sendo que o número de tubos preenchido varia consoante o tipo de análises a realizar. Independentemente disso, deve fazer-se a coleta de sangue para, pelo menos um tubo de hemograma e um de bioquímicas.

Instruções

Coisas que você precisa

  • Tubos de coleta de sangue
  • seringas descartáveis de 5 ml ou 10 ml
  • Pinça hemostática
  • Saco de transfusão
  • Algodão
  • Agulhas descartáveis
  • Garrote
  • Álcool a 70% ou solução de clorexidina
  • Ligadura
  1. 1

    A pessoa a quem vai feita a coleta de sangue, para se proceder a exames laboratoriais de diagnóstico, deve tomar alguns cuidados de forma a evitar alteração dos valores sanguíneos. Assim, deve:

    - fazer jejum de 12 horas, antes da coleta do sangue;
    - evitar atividades físicas intensas até 2 horas antes da coleta de sangue;
    - evitar o consumo de bebidas alcoólicas, tabaco ou café até 4 horas antes da coleta de sangue;
    - evitar situações de stress, devendo permanecer calmo no momento da coleta de sangue.

  2. 2

    Para a coleta deve seguir o seguinte protocolo:

    - coloque o indivíduo a quem se vai fazer a coleta de sangue numa cadeira confortável com apoio para os braços. Se a coleta tiver como objetivo o armazenamento para saco de transfusão deve preferir uma cadeira reclinável, em que o indivíduo possa ficar deitado e com os pés ligeiramente elevados.

    - escolha o local de venipunção. Normalmente a coleta de sangue é realizada nas veias do braço, embora também se possam usar as da mão. O braço é colocado com a mão virada para cima, na altura da linha do ombro. Deve estar relaxado.

    - aplique um garrote cerca de 10 cm acima do local onde vai fazer a venipunção e aplique pressão até as veias fazerem saliência. Evite apertar excessivamente para evitar a paragem da circulação sanguínea.

    - limpe e desinfete o local de venipunção com algodão embebido em álcool a 70% ou solução de clorexidina, fazendo movimentos circulares e centrípetos. Esta ação também permite maior exposição da veia, já que ela fará saliência para fora.

    - deixe secar o local.

    Esta fase de preparação é comum a todas as coletas de sangue.

  3. 3

    Para a coleta de sangue, com o objetivo da realização de análises deve prosseguir da seguinte forma:

    - utilizando uma agulha descartável, abra-a e insira-a na seringa descartável, sem contudo retirar a tampa protetora;
    - movimente o êmbolo da seringa para verificar a integridade da mesma;
    - retire a tampa protetora da agulha e faça a punção na veia;
    - faça pouca pressão na aspiração do sangue para evitar a hemolise;
    - retire a agulha e descarte-a com o auxílio de uma pinça e coloque o sangue nos tubos de recolha;
    - retire o garrote e pressione o local de venipunção com algodão embebido em álcool a 70% ou solução de clorexidine até estancar o sangue;
    - coloque o penso no local de venipunção para evitar sangramento. Se o indivíduo tiver propensão a hemorragia deve garantir uma maior hemostase através da colocação de uma ligadura pouco compressiva.

  4. 4

    Se o objetivo da coleta de sangue for a transfusão sanguínea, deve prosseguir da seguinte forma:

    - prepare o saco de coleta de sangue, retirando-o do invólucro protetor;
    - retire a tampa protetora da agulha;
    - com o indivíduo confortavelmente deitado e o braço relaxado, insira a agulha acoplada ao saco de coleta de sangue no local previamente preparado para a venipunção;
    - mantenha a agulha no local, fixando-a com adesivo;
    - o saco de coleta é colocado ligeiramente abaixo do paciente, de modo a que o sangue flua facilmente para o seu interior, com o auxílio da gravidade;
    - o saco de coleta de sangue deve ser constamente oscilado de modo a permite a distribuição e mistura do sangue com o anticoagulante presente no interior do saco de transfusão. Pode fazê-lo manualmente, fazendo pequenos movimentos para cima e para baixo à medida que o sangue vai entrando para o interior do saco, ou com a ajuda de uma máquina;
    - após terminar a coleta (normalmente a capacidade de coleta do saco é de 500ml) coloque uma pinça hemostática junto ao local de entrada de sangue no saco e retire a agulha do local de venipunção;
    - retire o garrote e pressione o local de venipunção com algodão embebido em álcool a 70% ou solução de clorexidine até estancar o sangue;
    - coloque o penso no local de venipunção para evitar sangramento. Se o indivíduo tiver propensão a hemorragia deve garantir uma maior hemostase através da colocação de uma ligadura pouco compressiva.

Comentários
blog comments powered by Disqus