» Casa » Segurança e Dicas Domésticas » Como começar uma introdução

Como começar uma introdução

Galeria
Como começar uma introdução

Neste artigo vamos aprender não só a maneira como se pode começar a escrever a introdução de um qualquer documento (artigo, relatório, comunicação científica, etc.), mas também alguns dos critérios base que o autor deve seguir para escrever a introdução. Vamos igualmente aprender o que é a introdução de um documento e o seu objetivo.

Alguns autores preferem utilizar os termos preâmbulo ou objetivo, enquanto em língua inglesa o termo habitualmente utilizado é “scope”.

Também os documentos legais, designadamente as leis, têm uma introdução que obedece a parâmetros normalmente fixados pelo Direito, embora a sua forma tenha sempre um importante cunho pessoal do legislador. Este tipo de introdução não é objeto deste artigo.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    O QUE É A INTRODUÇÃO

    A introdução de um documento consiste na primeira parte do mesmo, e que tem como objetivo descrever as razões da sua elaboração e a função, e as matérias nele versadas, embora de forma não exaustiva, por forma a que o leitor fique com uma primeira ideia, mas clara, sobre o assunto sobre o qual vai ler.

    Por esse motivo os autores devem ter a precaução de não confundirem a introdução com o resumo do documento (ou “synopsis”, na designação em língua inglesa).

    Não existe uma forma única para escrever a introdução, pois ela depende do tipo de documento e, principalmente, do estilo do autor.

  2. 2

    COMO FAZER A INTRODUÇÃO

    O primeiro requisito para se escrever uma introdução é o poder de síntese, isto é, o autor tem que, em poucas palavras explicar o que pretende com o documento e porque o escreveu.

    O autor tem ainda que nessa introdução chamar a atenção para as ideias ou conceitos, e caso seja necessário, alertar para um ou outro capítulo mais importante.

    Tal como a totalidade do documento, a introdução tem que ser clara e objetiva.

  3. 3

    COMO COMEÇAR A INTRODUÇÃO

    Assim como não existe uma forma única para escrever a introdução, também não existe uma única forma de a começar.

    Apresentaremos de seguida algumas formas de começar uma introdução:

    - “Este documento tem por objetivo...”.

    - “Com este documento iremos apresentar...”.

    - “Tendo em atenção a importância que o desenvolvimento sustentável apresenta na sociedade moderna, iremos abordar...”.

    - “Este trabalho visa o estudo, bem como a metodologia utilizada, de...”.

    - “O desenvolvimento do câncer da mama nos países industrializados motivou os autores a estudarem o assunto e...”.

    - “A publicação deste estudo resultou da necessidade de se clarificar...”.

    Estas são apenas algumas dicas, e o autor tem que a adaptar o começo da introdução caso a caso.

Comentários
blog comments powered by Disqus