» Dinheiro » Como Conseguir Pagar o Empréstimo

Como Conseguir Pagar o Empréstimo

Galeria
como conseguir pagar o empréstimo

Inúmeras são as pessoas que caíram na história do crédito fácil ou em uma emergência tiveram que apelar para um empréstimo achando que seria um investimento promissor que poderia ser quitado em pouco tempo. Outras pessoas usaram o cartão de crédito sem pensar nas consequências que viriam e o endividamento que estavam desencadeando e começaram a fazer mais dívidas para pagar outras anteriores e é assim que inicia-se um ciclo infinito de despesas.

Dificuldade
Intermediário
Instruções
  1. 1

    O primeiro passo para conseguir quitar um empréstimo é parar de gastar. De nada adianta adquirir um empréstimo e continuar comprando coisas desnecessárias e supérfluas. Corte tudo que não seja considerado item básico da sua vida. Assim, com certeza sua renda que parece tão pequena diante das despesas parecerá render mais. Apenas "gaste" com pagamentos que não podem ser adiados como compra de mercado, aluguel ou parcelamento do imóvel, energia elétrica, água, gás, despesas com carro, plano de saúde e esse tipo de coisa. Evite saídas noturnas, neste caso, uns meses de reclusão e sacrifício vão te fazer bem se o objetivo for sanar uma dívida incômoda.

  2. 2

    Para evitar compulsões, abra uma conta poupança separada para depositar tudo que restar ao final do mês para não se ter a falsa impressão no mês seguinte de que está com "dinheiro sobrando". Seja comprometido, o bem maior, que neste caso é a quitação do empréstimo, deve prevalecer sobre as outras necessidades. Uma boa opção é também adquirir uma renda extra para quitar o empréstimo o quanto antes. Assim, pode-se investir em alguma atividade além do trabalho convencional, como revender produtos cosméticos ou produzir alguns quitutes para vender no trabalho ou em aula se estiver cursando algum curso.

  3. 3

    Além de aprender a economizar e conseguir uma renda extra, deve-se levar em consideração que é importante liquidar uma operação de crédito antecipadamente ao prazo máximo de pagamento. A interrupção faz com que a cobrança de juros dos meses faltantes para o fim do contrato sejam canceladas. O desconto dos juros pode ser até sete vezes maior do que o rendimento dos juros na poupança, por isso compensa efetuar o pagamento o quanto antes, ao invés de esperar mês a mês os pagamentos serem realizados. Isso acontece porque a cobrança de juros para operações de crédito são muito superiores do que as taxas de qualquer outra aplicação financeira por incluir no valor os custos administrativos, compulsórios, impostos, lucros de bancos e riscos da inadimplência.

Comentários
blog comments powered by Disqus