» Casa » Como Consertar Paredes Interiores

Como Consertar Paredes Interiores

Galeria
Paredes internas

As paredes internas são elementos que vedam as áreas de um prédio ou residência, sendo assim intimamente ligados as estruturas, entretanto sua manutenção, apesar de simples, depende diretamente dos tipos de materiais empregados. Esses materiais sofrerão problemas com intempéries (umidade e mofo) e interferências estruturais (rachaduras). Logo, é de suma importância saber como agir nessas situações a fim de proteger o usuário e aumentar a vida útil da edificação.

Dificuldade
Difícil
Instruções

Coisas que você precisa

  • Argamassa
  • Cimento
  • Água
  • Areia
  • Pincel tipo brocha
  • Impermeabilizante para paredes
  • Escova
  • Tinta resistente a intempéries
  1. 1

    Rachaduras nas paredes estruturais: Deve-se analisá-las com cuidado para que seja constatada a verdadeira razão da causa que as produziram. Sendo conhecido o motivo produtor de rachaduras, deverá ser efetuado um projeto e/ou construção.

    Executa-se um projeto específico de reforço estrutural, cuja a sua execução obrigatoriamente conduzirá a reparos também nas alvenarias e seus respectivos revestimentos. Esses trabalhos deverão ser enquadrados em obras de reforma e necessitarão de um custo maior.

    Se a parede estrutural interna for aparente, não tendo recebido nenhum revestimento, então estará sujeita à ação dos esforços desgastantes, necessitando assim, de uma programação constante de manutenção.

  2. 2

    Rachaduras nas paredes de alvenaria: Como a estrutura, a alvenaria recebe revestimento que a protege contra a ação das forças desgastantes, dentro dessa premissa, também não precisa-se do trabalho de conservação. No entanto, poderão aparecer outras trincas não correspondentes a problemas estruturais, e portanto sem perigo; causadas na maioria das vezes por efeitos de execução da própria alvenaria ou outros serviços nela embutidos.

    As rachaduras ou trincas aparecem nessas paredes ao longo do tempo, motivadas por vibrações, dilatações, mudanças de temperatura e outras causas. Efetua-se o reparo somente após a certeza de que a trinca ou rachadura já esteja estabilizada.

  3. 3

    Umidade em paredes: É durante a construção que se deve tomar cuidado com a correta impermeabilização das paredes. Quando isso não é feito em pouco tempo a umidade começa a mostrar seus estragos. A tinta começa a descascar, o reboco fica fofo e aparecem as manchas de mofo (que causam problemas respiratórios e alérgicos).

    Para combater esse tipo de problema é preciso remover todo o revestimento da parede até a altura de 1,50 m. Depois limpa-se bem com uma escova. Umedece a parede com uma brocha antes de aplicar um impermeabilizante.

    Usa-se um impermeabilizante para paredes em pó misturando-o com o componente líquido que o acompanha. Aplica-se o impermeabilizante em três demãos cruzadas. Espera-se seis horas para secagem de cada demão.

    Prepara-se um chapisco com cimento, areia e água. Chapisca-se a parede e espera-se 24 horas para a completa secagem.

    Refaz-se o revestimento com argamassa faz-se a posterior pintura com tintas que contenha resistência à umidade.

Dicas e AVISOS
  • É importante uma consulta com profissionais técnicos especializados em reparos de alvenarias.
Comentários
blog comments powered by Disqus