» Moda » Moda e Estilo » Como cuidar de um sapato de camurça

Como cuidar de um sapato de camurça

Galeria
Como cuidar de um sapato de camurça

Sapatos feitos de camurça são elegantes e duradouros, entretanto, devido ao desconhecimento de alguns cuidados importantes para com essas peças, podem desgastá-los e desvalorizados em pouco tempo, já que a camurça é um material bastante delicado e vulnerável ao estrago.

Instruções
  1. 1

    Mas como cuidar dos calçados de camurça? Há, em linhas gerais, alguns procedimentos de conservação desses sapatos, a fim de que se mantenham em sua aparência de sempre novos. Antes de usá-los, aconselha-se a aplicação de um spray impermeabilizante, já que a camurça se caracteriza pela suscetibilidade permeável à entrada de água, lama e ao aparecimento de manchas. No caso de molhá-lo, é bom colocar um papel amassado na parte de dentro, de modo que funcione como um absorvente da umidade provocada pelo líquido; deixando secar a sombra e apenas escovando com escova própria para camurça (até uma escova de dentes limpa pode substituí-la) quando estiver totalmente seca; esse procedimento impede que o modelo do calçado de camurça se deforme. No caso de manchas severas, como óleo e graxa, é preciso borrifar novamente o spray nos sapatos e escová-los mais energicamente, assim que secos, a aplicação de um protetor adequado para camurças é aconselhável. A título de curiosidade, as manchas menos árduas impregnados na camurça são removidas com um pedaço de pão branco.
    Para a manutenção dos sapatos, é necessário que a peça seja regularmente limpa, de acordo com a freqüência de seu uso. Em favor de sua conservação, limpa-se também com uma escova de metal própria (ou esponja de aço nova) e depois com uma escova emborrachada (substituível por um pano molhado em benzina) sempre com movimentos regulares na direção do pelo. O uso de lixas e da pedra-pomes também é eficaz em uma limpeza mais intensa da camurça, entretanto, é preciso atenção e perícia para não criar espaços na superfície da peça.
    É importante não expor o sapato de camurça ao sol ou a ambientes pouco arejados, pois o seu formato poderá amolecer ou deformar, entortar-se e caso queira restaurá-lo em sua cor original, aplica-se um xampu próprio para o material (e que geralmente se encontra em loja especializada) e escova-se com bastante cautela. Bastante sensíveis, os sapatos de camurça absorvem o suor dos pés, deixando um odor mal-cheiroso impregnado na peça. Para que esse efeito seja amenizado, recomenda-se que os calçados estejam em local ventilado, o uso de palmilhas ou meias mais absorventes. Em geral, orienta-se que, sempre que se tire os sapatos após o uso, uma higienização da peça em favor da remoção do excesso de sujeira trazido, usando um algodão ou um pano macio, por exemplo. Caso a sujeira seja muita ou esteja muito impregnada, recomenda-se o procedimento da lavagem a seco. Não se coloca a camurça em máquina de lavar roupas ou exposta à água corrente, pois, devido à fragilidade do material, sua cor e modelo poderão ser danificados.

Comentários
blog comments powered by Disqus