» Hobby » Cultura e Sociedade » Como deve atuar o governante

Como deve atuar o governante

Galeria
Como deve atuar o governante

Governante é aquele que governa algo ou alguém. Governar implica poder. Em sociedades democráticas, o governante é escolhido de forma democrática pelos então governados. Geralmente, um governante é um político – política, segundo os gregos antigos, é a esfera de realização do bem comum. Para os filósofos modernos, política é o processo de formação, distribuição e exercício do poder. Poder é a capacidade de fazer que os demais realizem coisas que queremos.

Portanto, pela simples lógica, escolhemos pessoas para exercerem o bem comum, porém acabamos por fazer o que eles querem. Porém isso pode não ser totalmente verdade se os que elegem exercerem o poder que tem sobre o escolhido. Para isso, nesse texto, você irá entender o que o governante deve fazer para ser considerado político a modo grego.

Instruções
  1. 1

    O governante deve ser ético. Apesar de muito subjetivo e depender do contexto que determinado país está vivendo, existe um consenso sobre não só o Poder ser ético, mas também as pessoas e o Estado. Em um país democrático como o Brasil, ser ético consiste em ter dignidade, zelo e a consciência de princípios morais aceitos pelos brasileiros no exercício de seu mandato.

  2. 2

    O governante deve ser consciente. Os salários de todos os servidores públicos são custeados, direta ou indiretamente, por todos os integrantes da sociedade governada e, como retribuição, o governante deve ter integrado ao exercício de suas funções a consciência de que há “um chefe” para suas atividades. Tal retribuição deve ter como norteamento o bem-estar da comunidade, isto é, se faz necessário saber o que é bem-estar para a sociedade através de canais de comunicação disponíveis e acessíveis.

  3. 3

    O governante deve ser incorruptível. Corrupção é depravação, suborno, alteração, sedução. Desviar dinheiro público é corrupção, mas não a única forma de corromper – omitir informações, falsear dados, oprimir pessoas etc. Qualquer forma de aniquilar a dignidade humana e seus direitos se configura como uma ação de corrupção, independente de passividade ou não do sujeito.

Dicas e AVISOS
  • Uma das formas de regular as ações do governante é antes mesmo de seu início: o voto. A cada dois anos a maioria dos brasileiros são habilitados a escolher seus governantes em diferentes esferas. Votar em pessoas éticas, conscientes e não corrompíveis é o primeiro passo para um governo mais democráico.
  • O poder pelo povo, para o povo e com o povo pode ser feito através do povo. Assembleias, conselhos e associações são instrumentos de fiscalização pública para ações do Poder vigente.
Comentários
blog comments powered by Disqus