» Família » Educação dos Filhos » Como elaborar projetos escolares com jogos

Como elaborar projetos escolares com jogos

Galeria
Como elaborar projetos escolares com jogos

Muitos alunos tem dificuldade em certas matérias e estas acabam se tornando massantes ao longo de suas vidas, não sendo assimilada corretamente e levando este problema ao longo de vários anos de escola. Tentar criar alternativas nas escolas para torna as matérias mais práticas e menos teóricas ajudam a estimular todos os alunos, não só os que tem dificuldade. Criar jogos para todas as respectivas matérias possibilita o aumento do raciocínio lógico do aluno, o desenvolvimento da crítica, já que não vai ser mais o que decora mais que ganha e sim o que consegue raciocinar e analisar mais rápido, compreendendo o problema que lhe foi passado, além de estimular a competição entre os alunos para ver quem consegue ganhar mais vezes as partidas.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Existem diversas maneiras de elaborar um projeto acadêmico voltado para todos os tipos de idade, para crianças é melhor quebra-cabeças, jogos de somar, palavras cruzadas, e todos esses jogos que estimulam o raciocínio lógico da criança, possibilitando assim o aumento do seu aprendizado.

  2. 2

    Para crianças em alfabetização, você já pode estimular a leitura, a escrita, através de jogos de palavras, inicia-los no xadrez que é um ótimo jogo para o aumento do raciocínio lógico e nesta fase eles se adaptam e sugam as informações bastante rápido, como se fossem uma esponja. A prática do esporte deve começar nessa idade, para desde pequeno ele se acostumar a fazer exercícios físicos e cuidar da sua saúde, além de desenvolver um corpo saudável durante a sua vida, o mais aconselhável é a natação, mas qualquer esporte é bem-vindo.

  3. 3

    Na pré-adolescência a melhor forma de desenvolver a auto-crítica e o raciocínio dos alunos é manda-los apresentar trabalhos periodicamente para toda a sala, assim vão perdendo o medo de falar em público. Estes trabalhos em grupo são excelentes, divida temas e deixei-os a vontade para elaborar seus trabalhos, nesta fase esta estimulação da auto-crítica os ajuda e muito a compreender matérias mais complexas mais a frente.

  4. 4

    Já na fase da adolescência que compreende o ensino médio, a competição deve ser o ponto mais alto estimulado aqui, faça provões, de prêmios aos melhores colocados, para para se acostumarem com o clima de competir com outros, pois enfrentaram isto no vestibular ao fim do ensino médio, aqui a auto-crítica do aluno, deve ser estimulada, uma prática comum em alguns países como o japão é o uso do RPG, sigla em inglês que denomina o role-play-game, jogo de interpretação de personagens para estimular diversas partes do cérebro do aluno.

Comentários
blog comments powered by Disqus