» Hobby » Esportes » Como ensinar informática básica

Como ensinar informática básica

Galeria
Como ensinar informática básica

A informática esta presente e intrínseca nas nossas vidas desde muito cedo, dificilmente conseguimos imaginar o nosso dia-a-dia sem esta importante ferramenta.
Qualquer pessoa que tenha nascido antes de 1990 aprendeu informática de uma forma muito diferente do que se aprende hoje em dia, aprendeu com alguém que não cresceu com a informática e que não teve a informática fazendo parte da sua infância. Hoje em dia dificilmente temos que ensinar alguém a usar o mouse, pois mesmo quem nunca usou,provavelmente sabe como se usa. É quase como saber escrever, existem pessoas que não sabem escrever mas sabem pegar num lápis e sabem como este funciona.

Instruções
  1. 1

    Tal como qualquer disciplina, para ensinar informática temos que entender o nível de conhecimento do grupo ou da pessoa quem vamos ensinar, para tal o melhor é a observação, deixar o grupo à vontade durante algum tempo e perceber o que sabem fazer, qual a sua vontade com o computador e como está o grupo em termos de homogeneidade de conhecimentos.

  2. 2

    Como estamos falando de um grupo iniciante, devemos perder algum tempo a falar sobre o computador e os seus componentes principais, nada muito técnico, juntamente com este discurso podemos fazer exercícios de familiarização com o mouse e o teclado, por vezes basta algum tempo a explorar em conjunto os menus do Windows para se conseguir passar conceitos importantes, tais como aplicativos, menus, etc. Isto é importante para que se possa começar a usar uma linguagem que seja entendida pelo aluno. Durante estes pequenos exercícios podemos optar por falar sobre o teclado, as teclas de função ou teclas com mais do que uma função.

    Depois de termos focado a utilização dos periféricos, e termos conseguido que o grupo tenha perdido o medo do computador, podemos começar a explicar o conceito de armazenamento, o ideal será fazer em conjunto um desenho no paint e pedir para guardar então este arquivo. Daqui já se obtém o conceito de arquivo e de armazenamento, podemos nos sentir a vontade para tal passar já para o conceito de pasta, caso o grupo esteja com dificuldade em entender não vale a pena forçar, fazemos mais uns exercícios e os conceitos surgiram novamente.

    Depois de alguma prática e algum tempo passado a testar e repetir tarefas que sirvam para consolidar os conhecimentos adquiridos até agora, estaremos aptos para deixar que o grupo experimente alguns aplicativos incorporados no Windows, por vezes até os jogos são uma boa forma de se ganhar a vontade com o computador, desde que controlado não se oponha a isso.

    Logo que conseguirmos que os alunos entendam o que são aplicativos, que existem aplicativos para cada tipo de tarefa, e entenderem o conceito de armazenamento e a lógica das pastas, estão aptos para poder começar a aprender a produzir usando a informática.

Comentários
blog comments powered by Disqus