» Família » Educação dos Filhos » Como ensinar química no ensino fundamental

Como ensinar química no ensino fundamental

Galeria
Como ensinar química no ensino fundamental

Introdução: a Química e todos nós, professores.

“Química (do egípcio kēme (chem), significando "terra") é a ciência que trata das substâncias da natureza, dos elementos que a constituem, de suas características, propriedades combinatórias, processos de obtenção, suas aplicações e sua identificação. Estuda a maneira pela qual os elementos se ligam e reagem entre si, bem como a energia desprendida ou absorvida durante estas transformações."
Bruno's Chemistry

Os quatro anos do Ensino Fundamental, da 6ª a 9ª série são uma fase toda especial para os alunos na faixa etária de 11 a 14 anos. Estas descobertas não se dão somente em relação aos seus corpos, às suas vidas e valores, mas em relação à realidade circundante, aos seus conceitos de mundo, em essência, já que passam a ter novas informações de como é “realmente” o mundo, e isto inclui uma percepção científica difusa nos primeiros três anos seguida da Química e a Física na 9ª série, quando há um aprofundamento no mundo das ciências.

Até a 8ª série, desde a 1ª série, no Fundamental, conceitos de Física e Química estão mesclados em todas as matérias, dando um suporte prático ao grande cenário que é a realidade: a evaporação e o congelamento da água, a importãncia dos alimentos como nutrientes e sua composição, a importância das plantas e a fotossíntese, onde temos de lidar com gases como hidrogênio e oxigênio, a percepção da visão azul da terra pela Nasa, a combustão da gasolina, a fermentação num terrário de formigas, o lixo e a ecologia, entre outros pontos. Nesta fase, podemos dizer que todos os professores ensinam um pouco de química nas noções do dia a dia.

A passagem do pensamento concreto para um maior nível de abstração.
Nos três primeiros anos do segundo segmento, a observação da natureza gera motivação e curiosidade sobre a vida, vista segundo as lentes da Ciência, fundamentalmente biológica. E é a partir deste ponto que os fenômenos são experienciados pelos alunos com todas as dificuldades de percepção e abstração. Seus pensamentos ainda são voltados para a concretude e abstrair, ver o que está por trás dos fenômenos, é difícil. Entender, por exemplo, o calor e a evaporação, o movimento molecular ainda é um pouco difícil, mas gradualmente isto vai se dar.

Não chega a ser uma fase mítica, se podemos comparar com o pensamento primitivo, mas é uma fase de passagem do concreto para o abstrato, onde a certeza e o conhecimento se instauram pouco a pouco e o porquê das coisas é, de certa forma, realmente respondido.

Química e Física como um rito de passagem
Exatamente na 8ª para a 9ª série que se dá um certo “rito de passagem”: fogo já não é mais fogo, mas combustão; plantas não são somente importantes, mas são importantes por causa de sua capacidade de fotossíntese e geração de oxigênio, como componente ecológico; medidas de higiene são importantes para impedir a ação de microorganismos nos seres vivos e assim por diante.

Já estamos no campo do pensamento racional. E é aqui que a Química se impõe a partir de um conceito primordial: o mundo é formado de substâncias variadas e estas substâncias se apresentam puras – ferro, cobre, zinco, ouro, prata, diamante – ou na forma de misturas – conjuntos de substâncias diferentes, sem proporções fixas e definidas – bastando, para isto, mostrarmos um torrão de terra que o aluno imediamente infere como a natureza se apresenta em forma de misturas variadas.

Quando o aluno tem um problema...
A partir daí, instauramos uma problemática: como separar as diferentes substâncias, desde um processo simples de catação de feijão até o fracionamento do petróleo em diferentes substâncias numa coluna de fracionamento, onde cada vez mais vamos sutilizando as noções, a partir da estrutura atômica destas mesmas substâncias que se apresentavam em bruto na natureza.

Ao mesmo tempo que entendem o mundo, os alunos passam a adquirir novas habilidades cada vez mais abstratas. Compreender a dimensão atômica do mundo é realmente um grande salto em termos de cognição. E, para que isto ocorra, é necessário aguçarmos a curiosidade de nossos alunos e, na 9ª série do fundamental, encaminharmos a matéria, especialmente Química, segundo alguns pontos clássicos:

Instruções
  1. 1

    1º Passo
    Tomamos, de todas as noções ensinadas em Ciências, a ideia básica que a natureza se apresenta em forma de mistura. Algumas homogêneas – uma barra de ferro ou ouro – e outras nem tanto, as misturas heterogêneas. Este é um processo laboratorial simples. Basta misturarmos areia e água , água e sal, água e azeite, e perguntarmos como vamos separar os componentes básicos. A partir da noção de decantação, evaporação e diferença de densidades, temos um primeiro manuseio da Química Aplicada.
    Estas pequenas experiências nos permitem mostrar que “a Química não estuda as misturas, mas as substâncias que as formam” (Sardela e Mateus.op cit) e, então, passamos a discorrer sobre o fracionamento de uma substância até o átomo...e, a partir do átomo, às partículas subatômicas.

  2. 2

    2º Passo
    Evidentemente, você foi aos poucos falando das propriedades da matéria, de preferência fazendo com que seu aluno as sinta, as perceba sensorialmente, até fazer com que ele tenha o cuidado de se proteger com luvas,por exemplo, num laboratório, ao lidar com diferentes substâncias. Faça-o ter a percepção de que as substâncias reagem e que esta reação pode causar sérios problemas, vide os alquimistas!
    A própria entronização ao laboratório tem de ser ritualizada, até por medidas de segurança. Para que ele adentre ao laboratório, é necessário que ele tenha certos cuidados, use um jaleco especial (o que certamente o distingue no grupo) e saiba algumas coisas a mais...afinal, ciência não é para qualquer um.

  3. 3

    3° Passo

    Ampliando um pouco mais, você já terá tido a oportunidade de falar na estrutura atômica , nas partículas dos átomos e em seus números quânticos. Esta é uma história de conquistas da Química bem interessante e, partindo de Lavoisier, Berzelius, Gay Lussac, Dalton, no século XVIII, os pioneiros que estabeleceram os fundamentos da Química Moderna, até chegar a Avogadro e Bozmann, que estudaram o comportamento dos gases, já no século XIX, chegando, finalmente, no início do século XX, a Bohr, Schrodinger que criaram a estrutura do átomo usada até os dias de hoje.
    Entremear a Aventura da Química com conceitos operativos costuma dar bons resultados, pois algumas experiências são possíveis de serem feitas em sala e, certamente, aprofundadas em laboratório.
    Tendo feito um panorama do desenvolvimento da Química, é possível mostrar uma Tabela Periódica e trabalhar a identificação de algunas substâncias e seus símbolos.

Dicas e AVISOS
  • Referências e fontes de imagens Texto 4 - Como ensinar química no ensino fundamental Portal Mec - Estudo sobre as 9 séries http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12624%3Aensino-fundamental&Itemid=859 Orientações gerais para um ensino de 9 anos no Fundamental http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/Ensfund/noveanorienger.pdf As dificuldades dos alunos ao iniciar o aprendizado de Química no Fundamental http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc02/relatos.pdf Parâmetros Curriculares Nacionais e o estudo de Química no Fundamental http://www.agracadaquimica.com.br/quimica/arealegal/outros/185.pdf Química no Fundamental nos ensina a pensar a realidade http://possibilidadesquimicas.blogspot.com/2009/05/quimica-no-ensino-fundamental.html SARDELLA, A. e MATEUS, E. Curso de Química. Ática, 17 edição, SP, p.65. Que é a Química? http://quimicadobruno.blogspot.com/2010/04/bruno-me-explica-o-que-e-quimica-e.html Imagens Imagem 1 - Stereo Chemistry http://modernconservativehistory.blogspot.com/2010_08_01_archive.html Animações http://myvbshome.info/vbs2008/clipart.htm Tabela Periódica http://amemoria.tripod.com/id42.html A nova tabela periódica - Superinteressante http://super.abril.com.br/tabelaperiodica/download/tabelaperiodica.pdf
Comentários
blog comments powered by Disqus