» Tecnologia » Software » Como estudar a tabuada

Como estudar a tabuada

Galeria
Como estudar a tabuada

Saber a tabuada é muito importante no percurso escolar de uma criança. Conheça algumas dicas de como estudar a tabuada.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    A primeira tarefa é memorizar a lista de respostas. Estude primeiro as respostas até o ponto médio (por exemplo, a tabuada dos 3 - 3, 6, 9, 12, 15). A criança deve repetir em alta voz as respostas, enquanto você aponta para as respostas, uma por uma com um dedo ou uma caneta, usando assim outros sentidos simultaneamente.

    Depois de o fazer por algumas vezes, peça à criança para repetir a lista, através da sua memória.

  2. 2

    Não dê as respostas com muita facilidade, só pelo esforço de sua mente é que a criança vai fazer um esforço para que, eventualmente, memorize as respostas.

    A mente é como um músculo: ela precisa de exercício para se tornar mais forte. Primeiro a criança deve memorizar esta lista para cima e para baixo. Continue dessa maneira até que ela possa "recitar" a primeira lista de 3, 6, 9, 12, 15.

  3. 3

    Passe para a última parte da lista de respostas: 18, 21, 24, 27, 30. Faça as mesmas coisas que você fez com a primeira parte da lista. Por fim, trabalhe com toda a lista de respostas. Pratique a lista para cima e para baixo até que a criança a saiba de forma mais fluída e fácil.

    Pratique as respostas individuais de forma aleatória. Você pode pedir por via oral ("Quanto é 5 vezes 3?") É recomendado fazer pergunta em voz alta e, simultaneamente, apontando para a pergunta para que a criança possa ver, porque mais uma vez, usar múltiplos sentidos vai ajudar a corrigir dificuldades e a tornar a mente mais exercitada.

    O objetivo nesta fase é associar cada resposta 3, 6, 9, 12, 15, 18, 21, 24, 27, 30, com um fato de multiplicação certo (como por exemplo 7 vezes 3).

  4. 4

    O último passo é fazer isso de outra maneira, de modo que você diz a resposta, por exemplo 21 e a criança tem que produzir o problema (da tabela de 3). Tenha a tabuada à mão, esconda o problema e aponte para as respostas em ordem aleatória.
    Também pode trabalhar o contrário: a criança diz respostas e produz os problemas.

    Como uma extensão, você pode dizer que as respostas de várias tabelas e que o aluno dá o problema correspondente. Às vezes, há várias respostas para problemas diferentes como por exemplo 36, 30, 24 e 20 estão em várias tabuadas diferentes. Este é um exercício especialmente bom, quando associado ao estudo de divisões e frações.

  5. 5

    A memorização não vai provavelmente acontecer durante a noite. Nos dias subsequentes, você pode misturar estes exercícios. Este tipo de exercícios leva um pouco de tempo e esforço por parte de quem ensina, mas pode ser muito eficaz.

    Enquanto você ensina tabuada por tabuada, você também pode tentar ensinar o processo para a criança, de modo que ela aprenda a memorizar por ela mesma.

Comentários
blog comments powered by Disqus