» Família » Bem-Estar da Família » Como evitar a menopausa

Como evitar a menopausa

Galeria
Como evitar a menopausa

Geralmente por volta dos 50 anos, as mulheres se deparam com uma nova etapa de vida e um novo desafio, exigente e importante: a menopausa. Contrariamente ao que muitas mulheres pensam, a menopausa não é de todo uma doença, mas sim uma fase ate então desconhecida, que tem obrigatoriamente de ser encarada de um modo natural.

Em associação à menopausa surgem algumas alterações fisiológicas e morfológicas que representam e fomentam um aumento de risco de doenças, entre as quais a Osteoporose, as doenças cardiovasculares e oncológicas.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Durante o período que antecede a menopausa não existe ovulação com regularidade e a mulher começa sentindo as designadas ondas de calor. O tratamento para repor hormonas sintéticas acarreta grandes e sérios riscos à saúde, pois contribui largamente para o surgimento de câncer de mama e problemas cardiorrespiratórios.

    No entanto, se a mulher praticar atividade física com regularidade e se alimentar bem e de forma saudável, as suprarrenais (glândulas) reagem positivamente ao período da menopausa criando e gerando hormônios precursores como é o caso da pregnenolona e do DHEA. Estes precursores são posteriormente convertidos em estrogênio, progesterona e testosterona, não necessitando a mulher da reposição hormonal.

    Portanto se você quer prevenir os sintomas e efeitos da menopausa e retardar ou evitar ao máximo esta nova fase, são apenas precisas duas coisas bem simples:

    1 - Alimentação equilibrada e saudável.

    Procure sempre ter uma alimentação rica em ingredientes naturais e pobre (ou mesmo eliminar de sua alimentação) em alimentos industrializados. Assim prefira ingerir legumes e hortaliças, frutas e derivados como sucos e cereais integrais. Estes alimentos são importantes pois possuem na sua constituição fitoesteróis cruciais no controlo e equilíbrio hormonal.

    A soja e o tofu são igualmente ricos em fitoesteróis, assim como as sementes de linhaça. Procure ingerir regularmente alimentos ricos em Vitamina E, pois é fundamental e intervém no processo de regulação da produção de estrogênio. Os peixes de águas frias, como o bacalhau e o salmão também são ótimos nesta regulação.

    Procure consumir todos os dias, pelo menos 1 colher de sopa de linhaça moída, pois tem na sua constituição ligninas e fitonutrientes preponderantes no equilíbrio do estrogênio e na redução do colesterol.

    Beber muita água vai ajuda-la a eliminar toxinas e também a substituir e repor os fluídos perdidos nas ondas de calor.

    2. Prática de esporte

    Em conjugação com a alimentação saudável, a mulher deve procurar sempre praticar esporte, evitando um estilo de vida sedentário. A falta de esporte e ganho de peso, que geralmente está associado, permite o agravamento dos sintomas da menopausa e consequente aumento do risco de doenças.

    Não faça da menopausa um tabu ou algo muito complicado. Adote um estilo de vida saudável e viva com bem-estar e felicidade.

Comentários
blog comments powered by Disqus