» Casa » Manutenção Doméstica » Como evitar berne em cachorros

Como evitar berne em cachorros

Galeria
Como evitar berne em cachorros

Os cães são animais formidáveis, porém, assim como outros animais domésticos, estão sujeitos às adversidades ocasionadas por moscas. Um dos problemas acarretados por estes insetos é o berne.
O berne é o nome dado à larva da mosca Dermatobia Hominis, que pode ser encontrada em matas fechadas, porém ela se reproduz depositando seus ovos em moscas domésticas, que transmitem a larva ao animal. A forma mais eficaz de eliminar o problema é manter o ambiente limpo e livre de moscas.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Aplique, na limpeza do local, desinfetantes próprios para higienização de ambientes com animais, já que estes produtos tem uma formulação específica, que não agride a pele do animal com alergias e irritações. Este produto pode ser facilmente encontrado em lojas especializadas em artigos para animais.

  2. 2

    É importante atentar-se para limpeza imediata de fezes e urina depositadas pelo cão. O cheiro destes detritos pode atrair as moscas. Outra dica é treinar o animal a depositar suas fezes longe do local aonde costuma ficar. Isto manterá as moscas longe do animal.

  3. 3

    Outra forma de espantar o inseto é utilizar a citronela, uma planta aromática que tem a função de repelir moscas. Para tanto adquira o óleo de citronela, que pode ser diluído em água e aplicado nos ambiente em que o cão circula. Para cada litro de água dilua 5 ml de óleo de citronela. Quem dispõe de espaço no jardim pode optar por realizar o plantio da citronela. Neste caso, é ideal é que a planta fique localizada em um local ventilado, para que a ação do vento espalhe seu perfume no ambiente.

  4. 4

    Outro meio de prevenir o berne é aplicar no cachorro um repelente apropriado para animais. Existem shampoos que tem em sua fórmula a ação repelente, isto também pode contribuir como método preventivo.

  5. 5

    O uso de inseticidas costuma ser eficaz para afastar as moscas domésticas. Porém, a aplicação deve ocorrer durante a ausência do cão. O animal só poderá voltar ao local após algumas horas da aplicação do produto, pois o inseticida costuma ser tóxico aos animais domésticos. Comedouros e bebedouros também devem ser retirados do local durante a aplicação.
    Outra possibilidade é o uso de repelentes eletrônicos, capazes de livrar o ambiente de moscas e pernilongos, sem necessitar a ação de produtos químicos.
    A retirada da larva ocasiona dor e incômodo ao cão, por isso deve ser realizada preferencialmente pelo médico veterinário, que poderá medicá-lo, de acordo com o desconforto apresentado pelo animal.

Comentários
blog comments powered by Disqus