» Saúde » Como Fazer Calmantes Naturais

Como Fazer Calmantes Naturais

Galeria
chá calmante

É enorme o número de medicamentos que tem seus princípios ativos retirados da natureza, sejam eles farmacológicos ou fitoterápicos. Existem diversas plantas e ervas que são reconhecidas pelo seu potencial terapêutico e com elas é possível criar diversos tipos de remédios naturais, dentre eles, calmantes. Aprenda a fazer seus próprios calmantes naturais.

Dificuldade
Intermediário
Instruções
  1. 1

    O estresse do dia a dia tem levado cada vez mais pessoas a procurar remédios com efeito calmante. Por conta dos riscos envolvidos e das contra indicações dos medicamentos, há muito receio por parte da população, por isso a venda e produção de calmantes naturais tem entrado em evidência, por conta dos baixos ou inexistentes efeitos adversos à saúde.
    Fazer seus próprios calmantes com extratos de ervas é mais barato e saudável, e existem diversas plantas com esta propriedade que são facilmente acessíveis. Entre os calmantes naturais reconhecidos, grande parte é de conhecimento popular, como o maracujá e a camomila, que tem ação no organismo e agem no cérebro liberando hormônios.

  2. 2

    O capim cidreira é um conhecido calmante, é possível consumi-lo na forma de chá ou extraindo seus óleos essenciais para um efeito mais concentrado. Para a já citada camomila usa-se as folhas e flores como remédio para os nervos, pois ela age liberando hormônios que aliviam o estresse.
    A erva de são joão é usada até mesmo pela indústria farmacêutica como matéria prima de seus medicamentos, agindo até mesmo no combate à depressão, e esta erva pode ser combinada com a passiflora para um efeito mais poderoso. A passiflora é uma espécie de maracujá que pode ter ação relaxante, analgésica e sedativa, proporcionando uma melhora no sono e induzindo ao relaxamento muscular.
    Contribuindo também para uma melhor qualidade do sono, a raiz de valeriana tem grande valor como calmante e seu princípio ativo também age contra a ansiedade.

  3. 3

    Para usufruir dos benefícios das ervas calmantes há diferentes métodos que podem ser aplicados aos mais diversos casos. Comumente usa-se as folhas em infusão para fazer chás, mas também é possível extrair a essência das plantas amassando-as ou mesmo sob alta pressão, assim consegue-se um efeito mais forte e concentrado. Além dos métodos citados, há quem prefira deixar as folhas e flores em repouso na água em temperatura ambiente por alguns dias, no entanto o tempo varia de erva para erva.
    Também é importante consultar o médico, que deverá avaliar se não há alergias ou potenciais riscos para o consumo, pois embora sejam extratos naturais, deve-se ter cautela quanto ao uso, porque mesmo sendo baseados em extratos naturais de plantas, os medicamentos fitoterápicos e seus princípios ativos podem causar reações adversas em algumas pessoas.

Comentários
blog comments powered by Disqus