» Hobby » Artes e Entretenimento » Como fazer pintura em guitarra

Como fazer pintura em guitarra

Galeria
Como fazer pintura em guitarra

Realizar trabalhos de pintura em instrumentos de corda é uma tarefa complicada e que exige muita paciência e atenção. São várias as etapas a serem concluídas, desde a remoção da pintura original da guitarra até o polimento do verniz a ser aplicado. No entanto, é possível fazer um trabalho de elevado nível em casa e principalmente: utilizando as próprias mãos. Vamos ao trabalho:

Instruções

Coisas que você precisa

  • Lixas de variadas numerações.
  • Verniz poliuretano em spray
  • tinta poliuretano da cor pretendida (em spray).
  • massa para polir
  • pistola para spray.
  1. 1

    Desmontando o instrumento.
    Remova as peças do corpo da guitarra, etiquetando-as para que consiga coloca-las novamente em seus lugares. É recomendável deixar os parafusos afixados com fita crepe nas partes removidas para que sejam facilmente recolocadas. Após desmontar o corpo remova o braço se possível parafusado (algumas guitarras, os modelos Les Paul e SG, por exemplo, tem seus braços colados aos corpos).

  2. 2

    Removendo a pintura.
    Nesta etapa, poderemos remover a pintura antiga com removedor e espátula ou usar uma lixa nº320. Após a remoção será preciso que a superfície esteja lisa revelando a madeira do instrumento. Se houver arranhões mais profundos na madeira é recomendável utilizar massa para madeira para corrigir as imperfeições. Feito isso, é preciso que se limpe muito bem o corpo do instrumento.

  3. 3

    Suspender o corpo do instrumento.
    Neste estágio é importante isolar a parte de encaixe corpo/braço pois camadas de pintura neste local alterariam o encaixe e consequentemente a regulagem da escala do instrumento. Para isto é preciso que se corte um pedaço de madeira da mesma espessura do braço removido que servirá de suporte para segurar o instrumento, ao mesmo tempo em que protegerá o encaixe corpo braço.

  4. 4

    Aplicando seladora.
    Devem ser aplicadas seis ou sete demãos de seladora para tapar bem os poros da madeira e evitar a umidade. Após o processo de secagem, especificado no rótulo da marca escolhida, deve-se lixar o instrumento com lixa n° 400 até que este fique bem liso para aplicação da primeira demão de tinta.

  5. 5

    Aplicando o Primer
    O primer deve ser aplicado com passadas rápidas da pistola sempre na horizontal, com movimentos opostos de modo que a aplicação superior complete a inferior, como ilustra a figura 18. Após isto preencha os contornos do corpo do instrumento com o primer e deixe secar bem antes de pintar a próxima demão. Ao todo se farão necessárias cinco demãos de Primer antes do próximo processo de lixamento, onde se deverá utilizar lixa nº 400.

  6. 6

    Aplicação da tinta
    A aplicação da tinta deverá ser realizada da mesma forma que o Primer, com os famosos “fuminhos” de compressor com duração aproximadamente um segundo cada. Devem ser passadas, também, no mínimo cinco demãos de tinta. Após a secagem da tinta deve-se limpar bem o instrumento com pano seco para a aplicação das demãos de verniz.

  7. 7

    Aplicando o Verniz
    Como é preciso que se crie uma base espessa de verniz para o lixamento e o polimento final, serão necessárias, no mínimo, sete demãos de verniz. Depois de concluído também o processo de secagem do verniz (o tempo de secagem de cada marca pode ser verificado no rótulo do produto) deve-se iniciar o processo de lixamento final, em que cada passagem de lixa deve demorar aproximadamente 20 minutos. Neste estágio deve-se lixar utilizando lixas umedecidas nº 320, depois n° 400, depois nº600, nº1000, 1200° ou 2000.

  8. 8

    Aplicando o polimento.
    Por fim deve-se aplicar no corpo do instrumento massa de polir de maneira circular até que se atinja o brilho pretendido e que a superfície do instrumento esteja lustrosa e espelhada.

Comentários
blog comments powered by Disqus