» Casa » Consertos e Reformas Domésticas » Como fazer tijolo ecologico

Como fazer tijolo ecologico

Galeria
Como fazer tijolo ecologico

Nos tempos de agora, onde há grande aumento no aquecimento global, os tijolos comuns feitos em olaria contribuem muito para aumentar o efeito estufa e poluir o ar, por causa da queima que é requerida no processo de tais tijolos.
No entando, já foi inventada uma forma de fazer tijolos onde não se requer aquecimento ou queima nenhuma, são os chamados tijolos ecológicos, do qual um componente pode ser o próprio solo do local de construção.
O feitio de tijolos ecológicos também é de grande ajuda a alguns detentos de certos presídios, que são remunerados pela fabricação dos tijolos e além do mais têm suas penas reduzidas. São um material bem resistente e para aderirem uns aos outros não é necessário nem argamassa, mas sim a simples cola escolar ou outros tipos de cola.

Dificuldade
Fácil
Instruções

Coisas que você precisa

  • Dez por cento de cimento.
  • Três por cento de cal.
  • Setenta por cento da terra do solo
  • Dezessete por cento de resíduo industrial (
  1. 1

    Primeiro é necessário fazer o teste de solo para o tijolo ecológico.
    Deve-se secar uma pequena quantidade do solo (peneirado) que será testado. Pode-se fazer isso com uma pequena panela, não sendo necessários mais do que duzentos gramas de solo para o teste.
    Se seu solo já estiver bem seco, esta etapa torna-se desnecessária.

  2. 2

    Após secar o solo, você pode verificar isso a partir do momento em que não solta mais fumaça na panela, espere esfriar e ponha-o em uma balança digital e retire cem gramas. Reserve. É importante observar que se seca o solo, para fazer o teste, porque se pesar ele molhado ou úmido não irá ter uma leitura precisa do teor de areia e de argila que têm no solo.

  3. 3

    Antes de colocar a terra na baçança, verifique se a mesma está medindo em gramas.
    Após ter as cem gramas na vasilha, você irá observar que a balança medirá cerca de cento e quarenta e cinco gramas, sendo as quarenta e cinco gramas o peso da própria vasilha.
    Então, para ter cálculos precisos, não se esqueça de antes pesar a vasilha vazia.

  4. 4

    Pegue uma peneira, malha duzentos, de laboratório, que é uma peneira específica para este tipo de teste. Você irá utilizar esta peneira para separar a argila da areia. A argila, diluída em água, passará pela peneira, enquanto que a areia ficará grudada na peneira.
    Então, pode começar o processo peneirando um pouco com as mãos, e a seguir esguiche água na peneira, para remover assim toda a argila e deixar somente a areia (você vai observar que removeu a argila toda quando a água passar cristalina da peneira para a pia).
    Após isso, você vai secar a areia, como está descrito na primeira etapa, e depois vai pesá-la para ver o quanto de areia tinha nesses cem gramas de solo. A partir daí você poderá calcular o valor da argila existente, extraindo numericamente dos cem do solo a quantidade x de areia que tinha.

  5. 5

    No teste de solo, o ideal é que se tenha a porcentagem de cinqüenta ou até setenta por cento de areia, e o restante de argila.
    Caso o solo não esteja nessas condições e estiver com uma porcentagem de areia inferior a cinqüenta por cento, se entende que o solo está pobre em areia, e esta deve ser acrescentada para que o solo possa ser utilizado na fabricação dos tijolos ecológicos.
    O ideal é que caso que se tenha que acrescentar areia, que essa seja fina, pois o desgaste do equipamento será menor.

  6. 6

    Para então fabricar o tijolo ecológico, basta peneirar, misturar e moer os componentes e após isso prensá-lo numa fôrma, que pode tanto ser feito de maneira industrial quando manual, pois existem fôrmas manuais para blocos de concreto.
    Após tirar os tijolos da fôrma ou prensa, devem ficar um dia descansando.
    Depois são molhados num tanque e aguardam setes dias na secagem até poderem ser utilizados nas costruções.

Comentários
blog comments powered by Disqus