» Hobby » Esportes » Como fazer treinamento na trave em Ginástica Artística

Como fazer treinamento na trave em Ginástica Artística

Galeria
Como fazer treinamento na trave em Ginástica Artística

A Ginástica Artística é uma modalidade esportiva que teve uma grande ascensão no Brasil no inicio deste milênio, com o bom desempenho dos astros brasileiros da modalidade Daiane dos Santos, Jade Barbosa e os irmãos Hypólito, em competições internacionais a modalidade ganhou grande visibilidade e inspirou novos adeptos da modalidade por todo o país. Essa modalidade esportiva é composta pela realização de exercícios em vários aparelhos, agora iremos falar um pouco sobre o treino do aparelho trave, que é um dos mais complexos do circuito da Ginástica Artística.

Instruções
  1. 1

    Antes de iniciar o treinamento na trave, devemos avaliar quais as capacidades físicas e motoras que serão utilizadas na execução dos movimentos. A força, equilíbrio e elasticidade compõem os movimentos deste aparelho então devemos potencializar essas capacidades com exercícios que simulem os movimentos em uma rotina em cima da trave.

  2. 2

    Para treino de força pode-se propor aos alunos algumas variações de flexão de braço, como na parede, se apoiando no amigo ao lado, com quatro e seis apoios. Já tendo trabalhado os membros superiores e o tronco com as flexões, partiremos para o trabalho de fortalecimento dos membros inferiores, utilizando exercícios como agachamentos, deslocamentos com salto com um e dois apoios e deslocamentos laterais.

  3. 3

    A força traz segurança e precisão nos movimentos, mas para conquistar uma estabilidade o equilíbrio é fundamental, então vamos agora exercitar o equilíbrio, para esse treino temos que propor aos nossos alunos atividades onde eles tenham de se deslocar em locais com espaço para o movimento reduzido, simulando a situação que aluno vai encarar na trave onde ele deverá se mover em um local com dez centímetros de largura sem perder o equilíbrio. Para simular esta situação podemos utilizar bancos suecos, fitas, demarcações com giz e deslocamento em um só apoio, para que o treino tenha mais eficácia temos que programá-lo partindo do fácil para o difícil.

  4. 4

    Pronto já trabalhamos força, equilíbrio podendo assim se manter em cima da trave, agora iremos simular os movimentos que serão executados em cima da trave no chão até que possamos conseguir certa estabilidade no fim do movimento, saltos poderão neste momento ser treinados com o uso de um trampolim.

  5. 5

    Agora faremos um trabalho de reconhecimento da trave neste trabalho o aluno deverá se familiarizar com o aparelho, se deslocando e realizando alguns movimentos básicos em cima do mesmo, para finalizar iremos estabelecer rotinas básicas em cima do aparelho possibilitando que os alunos utilizem as habilidades conquistadas nos exercícios anteriores.

Comentários
blog comments powered by Disqus