» Hobby » Cultura e Sociedade » Como funciona o segundo turno das eleições

Como funciona o segundo turno das eleições

Galeria
Como funciona o segundo turno das eleições

No Brasil, os cargos eletivos majoritários de Presidente da República e os de Governadores dos Estados são eleitos alcançando a maioria absoluta dos votos (cinquenta por cento mais um), sendo excluídos da contagem os votos em branco e os nulos. Se dentre as candidaturas, nenhuma tiver recebido a quantidade necessária, um segundo turno será convocado entre o primeiro e o segundo colocados. Esse processo também acontece com os cargos de Prefeitos, mas somente nos municípios com mais de duzentos mil eleitores.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    No primeiro turno, todos os candidatos registrados pelos partidos na Justiça Eleitoral concorrem pelos votos dos eleitores, tendo três meses para as campanhas oficiais de suas chapas. Tanto os candidatos à Presidência, como ao Governo e à Prefeitura devem indicar em suas chapas os nomes de seus vices, que também são cargos eletivos. Portanto, quando votamos em um candidato a uma das vagas de chefes dos Poderes Executivos, seja municipal, estadual ou federal, escolhemos não somente seu mandatário, mas seu vice também.

  2. 2

    Terminadas as votações, contabilizam-se os votos válidos, ou seja, excluem-se aqueles em branco e os nulos, que são os digitados incorretamente com números de chapas inexistentes, no caso de urnas eletrônicas, as cédulas com mais de uma marcação ou rasuradas, no caso de votação com cédulas de papel, ou aqueles votos em chapas que, mesmo aparecendo como opções para o eleitor, foram impugnadas por terem sido encontradas irregularidades em suas candidaturas. Será eleita aquela chapa que atingir a maioria absoluta dos votos válidos, que significa a metade dos votos contabilizados mais um. Não sendo conquistada por nenhuma candidatura a maioria, uma nova votação é marcada, apenas com as duas chapas mais bem votadas. Esse novo sufrágio é o chamado segundo turno das eleições, que ocorrerá somente para os cargos do Poder Executivo, não sendo necessário para os cargos do Poder Legislativo, ainda que majoritários (eleitos pela maioria de todos os votos), como os de Senador da República.

  3. 3

    Como haverá apenas duas possibilidades para o eleitor, dessa nova votação se extrairá aquela que, então, obtiver a maioria dos votos válidos, tendo as candidaturas em torno de vinte dias para reforçarem suas campanhas eleitorais. Assim, é a chapa vencedora desse pleito, com mandatário e vice, que será empossada no ano seguinte ao da votação. O primeiro turno das eleições ocorre no primeiro domingo do mês de outubro do ano respectivo e o segundo turno, no último domingo desse mesmo mês.

Comentários
blog comments powered by Disqus