» Tecnologia » Internet » Como importar da China legalmente

Como importar da China legalmente

Galeria
Como importar da China legalmente

A China é uma das potências mundiais econômicas, que concorre diretamente com os Estados Unidos. Muito disso se deve ao fato de esse país possuir a maior população do mundo, além disso, ele também vive em constante mudança e criação de novos produtos.

O setor de aparelhos eletrônicos é um dos destaques chineses, pois além das inovações eles também são vendidos a um preço baixo, uma vez que têm mão de obra e matéria-prima de baixo custo. Este e tantos outros tipos de produtos são importados por países do mundo inteiro, inclusive aqui no Brasil. Muitas pessoas montam lojas com mercadorias chinesas. Confira abaixo como importar da China legalmente.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Para importar legalmente da China é preciso fazer contato com uma empresa chinesa, normalmente esse processo pode ser feito através da internet. Uma pessoa física que vai realizar uma compra online não deve gastar mais do que RS$ 3.000,00. Somente com este valor a encomenda poderá ser trazida através dos Correios sem nenhum problema com a Receita Federal.

  2. 2

    O importador que precisa comprar uma quantidade maior de produtos e que gaste mais de US$ 500,00, deve contratar um profissional chamada aduaneiro ou uma empresa que realize importação, para que tudo possa chegar com segurança e dentro da lei, sem que aconteçam eventuais problemas com a entrega do produto

  3. 3

    Normalmente contrata-se navios de transportes ou aviões, nesse caso basta entrar em contato com a empresa responsável, após ter feito a compra e pago. Quem está de viagem na China, pode importar até o valor de US$ 500,00, caso ultrapasse isso, será necessário pagar uma taxa.

  4. 4

    Para que a encomenda viagem sem nenhum transtorno, ela precisa passar pela fiscalização chinesa, embarcar rumo ao destino e quando chegar aqui ser avaliada pela Alfândega brasileira. Portanto qualquer operação ilegal poder ser descoberta pelos fiscais, sendo assim o empresário terá que pagar uma multa ainda maior, correndo o risco de perder absolutamente tudo que foi comprado.

  5. 5

    Com relação ao pagamento do frete dos produtos chineses, ele pode ser determinado de acordo com as normas de cada empresa de importação. Normalmente o frete custa em média US$ 50, para cada produto com valor equivalente a UU$ 150.

  6. 6

    Para não correr o risco de ter as mercadorias confiscadas, o empresário deve sempre primar por comprar de acordo com o valor estipulado pela China e pelo Brasil. No que diz respeito a forma de pagamento, ela deve ser realizada através de Paypal ou cartão de crédito internacional.

Comentários
blog comments powered by Disqus