» Casa » Segurança e Dicas Domésticas » Como iniciar uma introdução

Como iniciar uma introdução

Galeria
Como iniciar uma introdução

Precisa começar um texto e não faz a menor ideia? Não se desespere! Essa é uma dificuldade muito comum entre pessoas na hora de escrever. A introdução é uma das partes mais importantes de um texto, pois ela que decidirá se seu leitor irá ou não adiante na leitura. Ela é a primeira comunicação com o leitor, por isso deve ser muito bem feita.

Em uma perspectiva panorâmica, uma introdução deve conter o assunto a ser trabalhado no corpo do texto. Dentre outros, você pode colocar os seguintes tópicos: a proposição do tema; a definição do problema, o contexto do seu objeto, as justificativas e relevância do texto etc. Assim, o parágrafo (ou parágrafos) introdutório(s) deve(m) ter obrigatoriamente unidade; coerência; concisão e clareza. É importante que o tópico-frasal (ideia-núcleo do parágrafo) seja atraente para estimular a continuação da leitura.

Siga os passos a seguir e aprenda a iniciar texto de várias maneiras de um modo prático e eficiente.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Com uma afirmação geral sobre um determinado assunto. Exponha algum dado, por exemplo.

  2. 2

    Com uma interrogação a que o texto responderá. Não se esqueça de que ao começar dessa forma você no correr do texto será obrigado a responder à pergunta. Caso contrário, seu texto ficará incoerente.

  3. 3

    Com um exemplo sugestivo.

  4. 4

    Com uma citação. Ao começar dessa forma, não deixe de citar corretamente a fonte utilizada.

  5. 5

    Com um dado estatístico. Esteja seguro que os dados são verdadeiros, podendo, posteriormente, serem comprovados. Não invente!

  6. 6

    Com uma frase de efeito. Essa é uma maneira de prender a atenção do leitor desde o início.

  7. 7

    Escolha uma das formas descritas nos passo 1 a 6 e desenvolva a introdução. Boa sorte!

Dicas e AVISOS
  • Tenha sempre ao alcance das mãos gramáticas e manuais de redação de Língua Portuguesa.
  • Sempre faça um planejamento de escrita.
  • É recomendável, sempre que possível, contratar um revisor para fazer a leitura final de seu texto. Nada como um especialista para evitar certos desvios ortográficos.
  • Evite cometer erros de língua portuguesa, tais como: deslizes em regências, conjugações, concordâncias e ortografias.
  • A escrita do texto deve ser redigida conforme a normatização da entidade a qual ela será submetida. No Brasil, quem regula as publicações técnico-científicas é a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
  • Não copie textos de livros ou falas de outras pessoas sem citá-las corretamente. A omissão de fontes é plágio, o que é crime segundo a Lei 9.610, que rege sobre o Direito Autoral no Brasil.
Comentários
blog comments powered by Disqus