» Tecnologia » Software » Como mestrar RPG

Como mestrar RPG

Galeria
Como mestrar RPG

Primeiramente é necessário saber o papel do mestre na sessão de RPG e é algo bem simples: Sem o mestre a sessão não existiria. É o mestre que contextualiza e da vida a história, ambienta o mundo e as limitações de cada ação do personagem, é o mestre quem orquestra cada aventura, que posiciona cada inimigo e faz a história possuir verossimilhança construindo uma rede de informações que as tornam reais na imaginação de cada jogador.
Resumindo: Quando pensar em um mestre de RPG pense em um diretor ou roteirista de cinema, o papel do mestre é organizar o ambiente em que a história irá acontecer dando as limitações e a liberdade para o personagem jogador exercer o livre arbítrio e interpretar cada acontecimento narrado.
Tendo o conceito de Mestre de RPG o próximo passo é seguir alguns passos básicos para que sua sessão de RPG se torne mais agradável para si e para os jogadores:

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Quando se tratar de um grupo novo de jogadores, explique o que é o RPG de maneira simples, comparando com atividades mais comuns como teatros ou jogos de vídeo-game. Deixe claro o papel do mestre nas partidas e tire as dúvidas antes de começar a narrar.

  2. 2

    Conheça o gosto de cada jogador e tente ambientar um mundo semelhante ao gosto do grupo para que não se torne uma aventura cansativa e sem graça para a maioria. Pode até parecer que não, mas isso ajuda muito na hora de um jogador interpretar a história.

  3. 3

    Não crie aventuras muito longas para que não sejam necessários dias a fio de sessão pára finalizá-las. Seja flexível e adapte suas aventuras aos tempos de sessão.

  4. 4

    Simplifique a ficha de personagem e dos NPCs. Não siga todas as regras ao pé da letra, afinal você é o mestre, e é seu papel fazer tais adaptações para cada tipo de aventura. Lembre-se: Simplicidade às vezes é melhor.

  5. 5

    As aventuras devem ser claras, não enfeite-as com mil e um inimigos e centenas de obstáculos, os desafios devem ser justos e a história seguir um enredo, caso contrario tudo irá se transformar em um caos desprendendo a atenção do jogador ou até deixando-o confuso.

  6. 6

    Incentive a interação dos personagens entre si e entre os personagens criados e controlados por você.

  7. 7

    Lembre-se a diversão é o objetivo principal do RPG, evite criar frustrações entre os jogadores. No fundo isso pode até ser divertido para o mestre, mas e para o restante do grupo? Pense nisso.

Comentários
blog comments powered by Disqus