» Hobby » Artes e Entretenimento » Como pintar espuma

Como pintar espuma

Galeria
Como pintar espuma

Fazer reformas ou restaurações de sofás, almofadas e bancos de carro, são coisas corriqueiras que exigem um capricho por parte de quem vai executar a tarefa. Se o assunto for decorativo, com peças de espuma à mostra, muito mais ainda. Por isso , vamos a algumas dicas básicas para este tipo de arte de pintura e artezanato.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Materiais :
    - 1 rolo pequeno de pintura com ± 6 cms, aproximadamente cuja haste seja dura , para oferecer firmeza No manuseio sem que entortem; não use rolo em tamanho mairo, para que a uniformidade não fique comprometida . Também não use menos , para que não precise de mais passadas e as bordas do rolo não marquem a superfície.
    - 1 Um badeja, ou calha de pintura;
    - Use um pote com água para se precisar borrifar nos excessos;
    - Deixe separado um rolo de reserva, para uma eventual necessidade;
    - Jornais e plásticos velhos;
    -máscaras contra odor e dispersão de partículas.

  2. 2

    A tinta

    A tinta usada para silk ou para tecido é ideal para este tipo de material. Como a superfície da espuma é geralmente mais porosa, escolha uma tinta com cores vivas e, não pense só na economia de tinta. Existe um pigmento branco utilizado para deixar as superfícies mais brilhosas e fazer uma base para a tinta; ajuda muito a fixar a tinta principal. Caso você vá pintar de branco, este pigmento é ideal para reforçar a pureza do branco e dar um brilho mais intenso.

  3. 3

    Caso a economia de tinta seja algo fundamental, procure nas casas de silk por uma base incolor que é muito usada em tapeçarias e tecelagens. Além da economia de tinta, a qualidade da cor fica garantida, pois mais densidade à pintura e reforça a vida das cores.

  4. 4

    Depois de haver misturado toda a tinta e visto a homogeneidade, coloque na bandeja, sem porém enchê-la demais, só se a quantidade a pintar for grande. Evite ficar com um nível de enchimento muito alto, para que não derrame ;não precisa enchê-la, a não ser que vá pintar muita coisa.

  5. 5

    Banhe o rolinho na bandeja tirando o excesso de tinta nas ranhuras da mesma. Se deixar tinta em excesso, a espuma vai ficar manchada com os pingos. Vá pintando e ao mesmo tempo analisando o aspecto que a tinta dá. Se preciso for, passe várias demãos para obter uma cor consistente e viva.

  6. 6

    Após o término da pintura, não se preocupe que a sua espuma vai perder todo o peso que têm quando molhada. Pendure num varal, longe de materiais limpos para que seque naturalmente. É aconselhável utilizar um pedaço de papel na região do varal onde você vai pendurar a espuma. Caso queira, corte a espuma com espaços que ficarão sem tintura, formando uma borda neutra, por onde será pendurada
    Pode também dispô-la no chão, em cima de algum plástico. Isto numa impossibilidade de secar no varal. Pois o varal aproveita muito mais a gravidade e o vento para ventilar o material.

Comentários
blog comments powered by Disqus