» Casa » Segurança e Dicas Domésticas » Como preencher um cheque de mil reais: saiba fazer

Como preencher um cheque de mil reais: saiba fazer

Galeria
Como preencher um cheque de mil reais: saiba fazer

Preencher um cheque é algo que requer o cumprimento de algumas formalidades. Qualquer inobservância de informação pode resultar em não compensação do documento. Em cada campo apropriado, o emitente da ordem de pagamento fornece ao banco pagador subsídios que indicam veracidade. Dados como valor numeral e por extenso do cheque, beneficiário, local e data, e, principalmente, assinatura precisam estar em perfeitas condições. Caso contrário, o banco, através de seus funcionários, terá todo o direito de recusar o cumprimento da ordem.

Na situação específica de um cheque no valor de mil reais, os procedimentos de identificação permanecem inalterados. Entretanto, recomenda-se, especialmente, um simples artifício no sentido de minimizar possíveis incidências de fraude. Nesse caso, quando da descrição do valor do cheque por extenso, é prudente utilizar o seguinte formato de ortografia: HUM MIL REAIS. Acrescentar a letra H funciona como determinação de que, daquele momento em diante, nenhuma outra rasura ou improviso, à esquerda da palavra HUM, deve ser levado em conta para fins de conclusão do valor do cheque, sob pena de estar-se admitindo um caso evidente de irregularidade.

Em contrapartida, se o emissor do cheque opta por redigir, no campo do valor por extenso, que o documento deve ser pago à quantia de UM MIL REAIS ou MIL REAIS, ele abre espaço para que os espertos de plantão, que não são poucos, vislumbrem a chance de alterar a informação original e, assim, apliquem um golpe de recebimento a maior.

Ainda que a gestão de segurança dos bancos oriente o corpo funcional contra esse tipo de armação, não é difícil observar, via meios de comunicação, que as fraudes continuam acontecendo, diariamente. Portanto, seguir orientações como essa serve para tornar uma folha de cheque menos vulnerável à ação de quem não age com lisura.

Instruções
  1. 1

    Um cheque representa uma ordem de pagamento à vista. Independentemente de estar ou não cruzado pelo emissor, concede ao portador o direito de sacá-lo, a qualquer tempo, na boca do caixa, mediante correto preenchimento. Invalidado, para tanto, fica todo e qualquer acordo verbal feito entre emissor e beneficiário, se acertado foi que o cheque somente seria descontado em data determinada.

  2. 2

    Para compensar ou sacar cheques acima de cem reais, o beneficiário precisa identificar-se em campo apropriado. Quantias menores, contudo, não estabelecem essa obrigação.

  3. 3

    Havendo divergência entre o valor assinalado através de numeral e o escrito por extenso, prevalece a informação dada por extenso, mesmo que a diferença represente uma quantia considerável. É claro, porém, que nessa circunstância espera-se pelo bom senso do operador de caixa.

Dicas e AVISOS
  • Jamais faça um pagamento com cheque em branco.
Comentários
blog comments powered by Disqus