» Dinheiro » Leis e Normas » Como processar uma empresa

Como processar uma empresa

Galeria
Como processar uma empresa

Você tem problemas na empresa onde trabalha e não está conseguindo resolver, e que processá-la? Preste bem atenção ao fazer isso, pois muitas das empresas ganham essa causa. Aprenda algumas dicas e conheça informações que serão importantes para você.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Antes de iniciar um processo contra uma empresa, será preciso ter informações sobre a Consolidação das Leis do Trabalho. Essas informações obtidas serão muito importantes, quando for processa uma empresa. Outra coisa é antes de procurar um advogado ou sua associação ou sindicato. Esses dois lugares possuem todas as informações necessárias e também contam com advogados que prestam serviços gratuitamente.

    Tenha certeza das acusações que irá fazer, pois se forem falsas, você terá grandes problemas. Muitas vezes é difícil conseguir provas contra a empresa, por que esses documentos estão na posse deles. Agora se a empresa negar a apresentar esses documentos, a justiça decidirá em favor do trabalhador.

  2. 2

    Mais se a sua empresa provar que cumpriu com suas obrigações trabalhistas, então você terá problemas, pois a empresa processada pedira indenização ao trabalhador. Parece mentira, mais não é. É comum casos como esses muitos das vezes trabalhadores são condenados a pagar indenização a empresa, por reclamar de seus direitos inexistentes.

    Há uma dúvida na cabeça dos trabalhadores, que é a seguinte: Caso eu fique marcado no mercado de trabalho e não conseguir mais nenhum emprego, o que devo fazer?

    O ideal seria pensar duas vezes antes de processar uma empresa, se tiver problemas converse com dos superiores e tente resolver por lá mesmo.

  3. 3

    Mais seu superior não encontrou solução, e você resolveu ir à justiça, o jeito agora é conseguir de algumas formas possíveis para que você não seja condenado como acontece com muitos.

    Outro fato importante: Não é necessário advogado, pois os próprios empregados podem ir pessoalmente e reclamarem perante a justiça do trabalho. Mais pense duas ou mais vezes antes de fazer isso, se tiverem a certeza e provas concretas que ganhará a causa não pense duas vezes. É preciso cuidado, pois ninguém sabe do que o ser humano é capaz.

    Se você já saiu da empresa e quer processá-la, esses trabalhadores têm o prazo de dois anos para reclamar seus direitos trabalhistas e começa a ser contado depois que saiu da empresa. Mais se você estiver atuando na empresa, não existe nada que possa impedi-lo de processá-la. Se a empresa não pagou seus créditos trabalhistas, você tem o prazo de cinco anos, para reclamar. Esse prazo foi definido pelo direito trabalhista brasileiro.

Comentários
blog comments powered by Disqus