» Dinheiro » Como Quebrar o Ciclo de Endividamento

Como Quebrar o Ciclo de Endividamento

Galeria
como quebrar o ciclo de endividamento

As dividas crescem conforme as pessoas vão comprando e não conseguem segurar as suas contas. O cartão de crédito é um dos grandes vilões das pessoas nas dividas. Isso porque é possível parcelar a fatura fazendo com que se tenha um ciclo de endividamento. Como o próprio nome já diz, com o ciclo de endividamento é preciso tomar cuidado, pois quando não se tem controle suficiente para acabar com um ciclo começa facilmente outro. O que precisa ser feito é analisar cada passo antes de qualquer tipo de aquisição para que não tenha problemas financeiros posteriormente.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Antes de comprar qualquer tipo de produto pense duas vezes, ou seja, pense se realmente precisa do produto que estará adquirindo. Pequenos detalhes fazem toda diferença. Isso porque você precisa de controle para conseguir quebrar este ciclo. Pode pensar também em qual será a diferença disso para a sua vida, se não fizer diferença não é hora de comprar.

  2. 2

    Tudo o que for comprar dê preferência à vista, isso porque só gastará quando tiver o dinheiro em mãos. Quando dispõe de um cartão de crédito ou cheque para comprar acaba parcelando e posteriormente tendo que pagar dividas mensalmente, o que muitas vezes não é compatível com o que você ganha. Isso pode complicar a sua vida financeira muitas vezes.

  3. 3

    Troque as suas dividas mais caras pelas mais baratas, porém é necessário muito cuidado. O empréstimo consignado traz as taxas bem mais abaixo que os cartões de crédito e cheque especial. Algumas pessoas preferem fazer o empréstimo e pagar a sua divida com o banco em cartão e cheque e assim assumirem apenas uma divida, terminando com o ciclo de endividamento.

  4. 4

    Não tenha medo de fazer a sua proposta para o banco. O banco em muitos casos preferem receber o que uma pessoa gastou que ficar sem receber nada. Portanto, você pode oferecer o que tem em mãos como um pagamento quitativo ou então dar uma boa entrada parcelando o restante e assumindo a sua divida. Coloque em seu orçamento estas parcelas e não deixe elas ultrapassarem as suas despesas fixas. E a partir do momento em que assumir um parcelamento com o banco não faça mais nenhum gasto desnecessário, pois quando isso acontece novamente outra divida se inicia e não conseguirá pagar o que deve.

  5. 5

    Quebre o seu ciclo de endividamento com calma e tranquilidade, pois se não feito isso o seu orçamento sai bagunçado e não como planejado.

Comentários
blog comments powered by Disqus