» Família » Relacionamentos e Família » Como reagir a uma traição

Como reagir a uma traição

Galeria
Como reagir a uma traição

Relacionamentos vêm e vão, alguns são longos e duradouros, outros nem tanto. Os relacionamentos terminam por variados motivos, ciúmes, falta de confiança, incompatibilidade de gêneros, dinheiro, falta de sentimento mas sem dúvida nenhuma o pior término é aquele em que a causa principal é uma traição. Mas o que fazer, como reagir perante uma situação dessas? Jamais aja com uma atitude impensada. Por isso se você foi traído ou tem curiosidade de saber como reagir em um caso assim, acompanhe essas preciosas dicas.

Instruções
  1. 1

    Não existe uma fórmula secreta para não ser traído, isso pode acontecer com qualquer pessoa, em qualquer lugar e a qualquer hora, por isso é fundamental que você esteja sempre preparado. O perdão em casos desta natureza vem a ser quase impossível. A primeira coisa que você deve fazer caso enfrente uma situação de traição é manter a calma, respirar fundo e jamais pensar em fazer qualquer tipo de besteira. Analise a situação primeiramente, a digira.

  2. 2

    Após fazer todo o trabalho mental de diluir toda a situação chegou o momento de sabermos como agir eficazmente numa situação como essa. Você deve primeiro se fazer a seguinte pergunta: "É possível perdoar?". Se faça essa pergunta, pense em toda a história que vocês viveram, o que construíram juntos. Se a resposta for afirmativa dê a chance para que a pessoa se explique.

  3. 3

    Ouça tudo o que o outro tenha a dizer, não questione de primeira, deixe que a pessoa fale, observe se o que ela possui algum fundamento por mais ilógico que possa parecer. Muitas das vezes tomamos atitudes impensadas por não darmos a chance de o outro falar e nem nos permitimos ouvir. Por isso, escute e depois questione.

  4. 4

    Se depois de escutar tudo o que o outro tem a dizer e nada fizer sentido para você, o melhor caminho sem dúvida é terminar, seguir a sua vida e deixar que o outro siga a dele, sem ameaças, para que não haja um constrangimento maior a ambas as partes e posteriormente algo mais grave.

  5. 5

    Porém, se quando você fizer a pergunta: "É possível perdoar?" e a resposta for negativa afaste-se, pois geralmente se não conseguimos perdoar ou se quer pensar nessa possibilidade por instinto vamos querer fazer mal ao outro, desta forma o melhor caminho é se afastar sem explicação para que não ocorra nada de realmente grave.

  6. 6

    Se você for uma pessoa mais flexível e conseguir perdoar de cara melhor para você, porém mantenha-se atento, pois de nada adianta perdoar o outro se ele continuar nos machucando. É fundamental saber sobrepesar as coisas, o perdão é algo efetivamente muito bonito mas tem que ser sincero, de nada adianta você dizer que perdoa e no dia seguinte ou depois de algum tempo jogar na cara da pessoa aquela traição. É preciso perdoar, mas sem mágoas. Se precisar de um tempo para isso, se dê esse tempo, espere a poeira baixar, pense na sua vida e analise se continuar esse relacionamento vai ser saudável para você ou não. Perdoar não significa necessariamente restabelecer o relacionamento, pois você pode conceder o seu perdão mas tocar a sua vida sem aquela pessoa.

  7. 7

    Jamais faça qualquer tipo de besteira, não procure o amante ou a amante, não tente nada contra ninguém, o importante é sem dúvida ter a cabeça firme e ver que você vale muito mais do que toda aquela situação. Não estrague a sua vida por algo tão infrutífero assim, se quiser perdoar perdoe, você não está obrigado a manter um relacionamento que só traz mágoas. Por isso se dê a chance de ser feliz novamente e sempre e, lembre-se, a pessoa que está conosco tem que valer muito a pena.

Comentários
blog comments powered by Disqus