» Família » Relacionamentos e Família » Como reconciliar

Como reconciliar

Galeria
Como reconciliar

A palavra reconciliação significa literalmente restabelecer relações. Nos relacionamentos com os outros ou até mesmo no que diz respeito às sentimentos e crenças, a ruptura é muito difícil e sempre traz um pouco de sofrimento.
Psicólogos dizem que quando a dor se torna permanente e o rompimento passa a atrapalhar outras áreas da vida a reconciliação, seja com uma pessoa ou consigo mesmo é a melhor opção.

É importante saber que a reconciliação não é um ato, mas um processo que envolve vários passos e costuma demorar algum tempo. Encarar os fatos que levaram ao rompimento com mais maturidade e sob outro ângulo é fundamental.
Veja abaixo dicas de como reconciliar nas mais diversas situações.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    O rompimento amoroso é o que mais leva as pessoas a pensarem em reconciliação. Especialistas afirmam que analisar os motivos pelos quais se deseja voltar deve ser o primeiro passo.
    Sem autoconhecimento pode terminar repetindo os mesmos erros. Analise seus sentimentos e os fatos que levaram ao final do relacionamento. Conversar com alguém imparcial pode ajudar a deixar tudo mais claro.

  2. 2

    Depois que conhecer bem seus sentimentos é hora de agir. Chame a pessoa amada para uma conversa franca, sem se importar com qual dos dois, de fato, terminou o relacionamento. Fale com calma e ouça bastante. O objetivo da conversa é se reconciliar, não decidir quem estava certo ou errado ou brigar mais uma vez. Perdoar e abrir o coração são as atitudes corretas de quem deseja uma reconciliação.

  3. 3

    Caso existam ainda muitas mágoas, o ex parceiro pode estar relutante em conversar. Em situações assim, mandar uma carta pode ser uma boa solução. Mas é preciso maturidade para encarar que talvez o outro não deseje o mesmo que você. Se a pessoa amada não quiser conversar, respeite a vontade dela e volte a tentar depois de algum tempo.

  4. 4

    Especialistas em relacionamentos recomendam que se evite envolver pessoas próximas. Muitos relacionamentos terminam por pressão de amigos ou familiares e poucas vezes essa mesma pressão é capaz de restabelecê-los. Deve ser algo decidido apenas entre o casal.

  5. 5

    Quando a reconciliação é entre amigos e familiares a conversa franca continua sendo a melhor opção. Quando o convívio já não é diário, mas o amigo ou parente continua sendo uma figura importante o melhor é não reabrir a ferida e simplesmente perdoar.
    Um gesto simples, como um presente de aniversário ou convidar para uma festa, abre espaço para que a reconciliação aconteça de maneira natural.

Comentários
blog comments powered by Disqus