» Hobby » Feriados e Celebrações » Como recusar um convite para ser padrinhos de casamento

Como recusar um convite para ser padrinhos de casamento

Galeria
Como recusar um convite para ser padrinhos de casamento

Um convite para ser padrinho de casamento é algo extremamente íntimo e em geral de comum acordo entre os noivos.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Os escolhidos geralmente são amigos ou parentes e a razão pela qual os noivos optam entre eles, é o carinho que sentem por esta pessoa. Nem sempre se convida para ser padrinho alguém que se conheça de longa data, mas é agradável que os padrinhos tenham afinidades e bom relacionamento com o futuro casal.

  2. 2

    Quando surge um casamento de amigos ou parentes bem próximos sempre existe aquela possibilidade de sermos escolhidos e nos sentirmos honrados com o convite. Algumas vezes esperamos ansiosos pelo convite e se por acaso não acontece sentimos até um pouco de frustração ou decepção, mas acabamos compreendendo. Porém imprevistos acontecem e às vezes recebemos convites sem que possamos aceitar, então esta frustração é vivida pelos noivos. Havendo a necessidade de uma recusa, administrar esta situação requer tato e bom senso.

  3. 3

    Em muitos casos quando se é convidado, em primeiro plano pensa-se que como padrinho se deverá presentear os noivos com algo diferenciado. Fato que causa uma certa preocupação quando não se encontra em uma situação financeira confortável e só o fato de pensar como o fará, pode tornar a recusa em algo estressante.
    Quando recebemos um convite para apadrinhar os noivos e há a necessidade de recusa, é importante analisar se realmente o seu motivo é justificável para que não crie um constrangimento. Pense primeiramente o quanto representa para o casal e não se sinta acanhado em ser sincero em justificar-se.

  4. 4

    Quando um casal convida o padrinho é pela sua representatividade na vida deles, não por questões financeiras. Até porque pela proximidade que tem com você eles possuem consciência da sua real condição. Portanto dispensar um convite por única e exclusivamente questões financeiras não é uma desculpa consistente, provavelmente haverá resistência do casal. Este fará de tudo para ajudá-lo a contornar a sua dificuldade pela importância que você representa.

  5. 5

    Tratando-se de uma questão financeira ou não, é importantíssimo que você comunique aos noivos a sua recusa o mais breve possível para que eles tenham tempo de substituí-lo por outra pessoa. Obviamente isto deve ser feito pessoalmente, salvo-conduto no caso de você estar longe e impossibilitado de ir até eles.

  6. 6

    A recusa é mais complicada quando você pretende ir ao casamento. Justificar que estará presente, mas não gostaria de ocupar uma posição importante às vezes pode parecer pouco caso. Se você tem alguma razão para não aceitar por problemas de ordem pessoal ou de indisponibilidade da data não relute em fazê-lo.

  7. 7

    Comunique aos noivos o quanto se sente honrado pelo convite, manifeste o seu desejo íntimo de aceitá-lo e seja sincero em sua justificativa. Inventar uma desculpa que não seja verdadeira pode abalar a amizade com os noivos caso eles venham descobrir a verdade. Não se exima totalmente da responsabilidade do convite, seja solícito e coloque-se a disposição para auxiliar o casal no que estiver ao seu alcance. Caso não haja possibilidade de comparecer, envie flores na data se desculpando novamente e dando felicitações aos noivos.

Comentários
blog comments powered by Disqus