» Hobby » Esportes » Como selar um cavalo

Como selar um cavalo

Galeria
Como selar um cavalo

Para selar um cavalo há que ter em atenção alguns aspectos essenciais. São eles: a higiene, a manta, a proteção, a barrigueira, o loro, o estribo e a cabeçada

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    O primeiro passo a ter em conta é a higiene. O cavalo deve estar limpo e escovado, assim como todo o equipamento deve estar em boas condições de higiene.
    Depois, há que passar aos acessórios, o primeiro dos quais a manta, que deve encaixar-se na sela de forma a que sobre a distância de um dedo tanto à frente como atrás, o final da sela não deve ficar por cima da costura da manta, o final da costura da manta deve ficar visível para que o peso do cavaleiro e da sela não façam com que a costura grossa da manta aleije as vértebras do cavalo. Deve ainda levantar a parte da manta que se encaixa na cernelha, evitando assim causar uma assadura pela pressão que a sela pode exercer sobre a manta.
    De seguida, há que ter em conta a proteção do cavalo. Deve usar um protetor para os rins, de preferência de gel, mas não deve exagerar na proteção, para que cavaleiro e cavalo se mantenham em contato próximo, privilegiando assim a sua relação e a experiência de montar.
    A barrigueira é outro acessório essencial e deve ser usado da seguinte forma: deve verificar-se se o aperto está correto, deve ser confortável para cavalo e cavaleiro, o protetor de aba da sela não deve ficar dobrado, e deve estar nivelada paralelamente ao chão.
    O loro é outro acessório que não pode ser descurado e deve ter-se atenção ao tamanho, devendo ter o mesmo comprimento que a perna do cavaleiro. Já o estribo deve estar adaptado ao pé do cavaleiro, existindo vários tamanhos e modelos, prevenindo que em caso de queda o pé passe inteiramente por dentro do estribo.
    Para finalizar, são ainda necessários mais dois acessórios fundamentais: o peitoral e a cabeçada. O peitoral não deve ficar nem demasiado apertado nem demasiado solto, devendo haver o espaço de uma mão entre este e o cavalo. E a cabeçada deve estar ajustada sem que sobre em tamanho, para não bater na cabeça do cavalo, devendo ajustar-se de modo a que a embocadura fique confortável para o cavalo e garanta uma boa condução para o cavaleiro. Para além disso, a focinheira não deve ser muito apertada, devendo deixar-se um dedo de folga.

Comentários
blog comments powered by Disqus