» Hobby » Cultura e Sociedade » Como separar a política da religião

Como separar a política da religião

Galeria
Como separar a política da religião

Na verdade esta é uma pergunta que nem deveria existir, porque a Política e a Religião, definitivamente, não se misturam. A Política tem um âmbito que vê a Sociedade como um todo, o Político deve ver e saber o que é melhor para toda a sociedade e fazer as leis e tomar as decisões voltadas para o todo, ou seja, a maioria. Já, de sua vês a Religião é Individual, mesmo dentro de um conjunto de indivíduos que tem a mesma crença e religião, cada qual vê a religião e suas abordagens conforme sua própria vivência indivídual.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Essa pergunta começa a surgir no momento que um certo religioso começa a exercer funções que sirva aos indivíduos dentro de uma associação ou templo, dessa forma, ele precisa ter um certo despreendimento para que possa tornar a estada de cada um dentro da associação ou templo mais confortável e sociável à todos. Aí começa o problema e muitos recorrem a politica, que é a ciencia que mais se presta a resolver esses dilemas. Problema. O Líder Político pode e deve optar por formas que possam trazer ao desentendido ou não-sociavel o limite e até mesmo a prescritiva da lei, como até mesmo restrição de Direitos (prisão), muitas vezes, sem limite de término, para que possa ser organizada a sociedade onde ele esta inserido e os demais não sejam ofendidos por ele. O Líder Religioso, de sua vez, não pode definitivamente fazer o mesmo, pois dentro de qualquer religião, aquele que procura esclarecimento espiritual através dela, tem o mesmo direito irrefutável de todos os demais, e o verdadeiro religioso que vê um "irmão" transgredindo ou indo por caminhos diferente do que professa deve ser um dos que venha fazer algo por ele e o Líder deve levar a todos da associação ou templo fazer o mesmo por aquele que precisa do esclarecimento, sem privações.

  2. 2

    Para separar a Politica da Religião, tendo esta visão, se torna fácil. Política é gerida por regras claras para uma maioria. Religião e gerida por regras para indivíduos, que quando em coletivo, ainda são individuais. Um bom Líder Político jamais vai beneficiar um, em detrimento da comunidade. Um bom Líder Religioso, jamais vai beneficiar uma comunidade e esquecer de um individuo que precise de esclarecimento.

  3. 3

    E claro e de conhecimento de todos que estas linhas que escrevi, lógicamente, são a teoria de que se apresenta para que possa ser separada a política da religião, mas, em nossa sociedade que vivemos, infelizmente a realidade é outra.

Comentários
blog comments powered by Disqus