» Moda » Moda e Estilo » Como surgiu a calça jeans

Como surgiu a calça jeans

Galeria
Como surgiu a calça jeans

Talvez a calça jeans seja a peça de roupa mais vendida do planeta. Mesmo tendo sido criada há tanto tempo, ela permanece como símbolo de contemporaneidade e juventude. A cada nova tendência de moda, esta peça de roupa se renova e mantém-se inigualável. Claro que a cada estação pequenas mudanças, tais como modelo, lavagem do tecido, cor, texturas, detalhes como bolsos e pedrarias, estilos para acompanhar a moda e continuar sendo coordenada com outras peças do guarda-roupa, no entanto, o conceito que se estabeleceu em torno da calça jeans é imortal, permanece intacto.

Conforme registros históricos, a calça comprida já vem sendo usada desde o século 6º a.C, tanto por homens quanto por mulheres que usavam a peça para o trabalho. E desde então, vem evoluindo quanto ao design e às matérias-primas para a sua fabricação. Na Idade Média, a calça era entendida como uma peça íntima e usada por baixo das túnicas. Durante a revolução francesa, a calça era de uso dos homens franceses pertencentes à classe trabalhadora.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    As calças confeccionadas com o tecido denim (as famosas jeans), foram desenvolvidas pelo alemão Claude Levi Strauss no auge das escavações mineiras em busca do ouro no oeste dos Estados Unidos, em 1853. Levi Strauss vendia ferramentas, lonas e mantimentos aos trabalhadores e percebendo a necessidade que eles tinham de roupas mais duráveis, resolveu unir o útil ao agradável, porque também desejava baixar o seu estoque de lonas. Procurou um alfaiate e confeccionou algumas calças com o tecido da lona. O sucesso foi imediato. Levi Strauss havia criado uma calça altamente resistente e durável para os trabalhadores das minas. Nascia a calça jeans.

    No entanto, apesar da alta resistência, as calças jeans eram pouco confortáveis e isso fez com que Levi deixasse de confeccionar com este tecido, que vinha de Gênova, na Itália. É daí também a origem do termo “jeans”, o tecido de algodão escolhido para substituição vinha de Nimes, daí o termo “denim” diminutivo de “de Nimes”, na França, e já era usado na fabricação das roupas dos marinheiros genoveses.

  2. 2

    Em 1872, Jacob Davis, fabricante de capas para eqüinos, procurou Levi Strauss para discutirem uma solução a fim de que os bolsos das calças dos mineradores deixassem de cair pelo excesso de peso carregado. Resolveram solucionar o problema colocando rebites de metal dourados (usado nas correias dos cavalos) para fixar o bolso na calça. A partir da união de Levi e Davis iniciou a fabricação das calças de denim (ou calças jeans). Em 1890, o tecido que era bege, passou a ser tingido com corante da planta Indigus, tornando-se azul.

  3. 3

    A calça jeans marcou presença na história. Na década de 30 foi a roupa preferida pelos cowboys norte-americanos do cinema. Os uniformes dos soldados da Segunda Guerra Mundial eram confeccionados em denim. Na década de 50 a calça jeans foi símbolo de uma juventude rebelde tendo como inspiradores Marlon Brando e James Dean. Na década de 60, esteve presente no Festival de Woodstock servindo de roupa aos jovens hippies; nos protestos contra a Guerra do Vietnã e nos movimentos estudantis. Neste mesmo período, o designer André Courrèges introduziu a calça como um item de moda para as mulheres, mas foi somente a partir da década de 70 que elas puderam vestir a calça em todos os ambientes e, coincidentemente, foi nesta década que se deu o início da era do jeans de grife. Na década de 80 a calça jeans já fazia parte de praticamente todos os guarda-roupas do planeta como uma peça de roupa básica. A partir da década de 90 a calça jeans virou um clássico da moda para todas as gerações e classes sociais.

    Assim nasceu a clássica calça jeans, sem pretensão de virar tendência de moda, mas simplesmente como uma peça de roupa adequada para o trabalho. Ainda bem que Levi Strauss não desistiu de encontrar uma calça que fosse durável, resistente e também confortável.















Comentários
blog comments powered by Disqus