» Tecnologia » Eletrônicos » Como testar um capacitor

Como testar um capacitor

Galeria
Como testar um capacitor

Para que um capacitor que possui um valor alto em sua carga, possa ser testado, deve ser utilizada uma escala de medição pequena, assim como quando o mesmo possuir uma carga com um valor relativamente baixo deverá ter uma escala de medição maior na realização dos testes. Aqui aprenderemos como podemos testar um capacitor, utilizando um multímetro analógico.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Para que o capacitor possa ser testado, é necessário que o mesmo esteja desligado. Para isso, devemos descarregá-lo. E isso é muito simples, bastando que coloquemos os seus dois terminais de carga em curto circuito, com utilização de um objeto de metal, como uma chave de fenda, por exemplo, para servir como um elemento que faça o contato entre os terminais. O capacitor não poderá estar ligado a nenhum circuito eletrônico.

  2. 2

    Dependendo do tempo de uso e do valor de carga de um capacitor, ele poderá estar com uma elevada carga em seu interior, fazendo com que faíscas e estalos sejam ocasionados. Se o capacitor testado possuir uma alta tensão e valores na ordem de microfarads (uF), é provável que seja necessário que ele seja descarregado. Isso pode ser feito através de um resistor com um valor de carga de aproximadamente 100 Ohms. Só depois do descarregamento o capacitor poderá ter seus terminais colocados em curto circuito.

  3. 3

    Para testar um capacitor com um multímetro analógico devemos, primeiramente, colocar o multímetro em sua escala de resistência. Em seguida, devemos encostar uma ponta de prova em cada um dos terminais do capacitor. Agora, devemos observar a movimentação do ponteiro do multímetro, não sendo necessário que anotemos o valor que aparece.

    Se o ponteiro subir e descer, significará que o capacitor está apto para uso, isso porque a subida do ponteiro significará que haverá corrente elétrica circulando dentro do dispositivo. O tempo que o ponteiro do multímetro leva para subir e descer se passa de acordo com o valor da carga do capacitor. Se ele possuir uma carga de valor elevado, o ponteiro irá demorar a descer. Caso contrário, ele irá subir e descer rapidamente.

  4. 4

    Caso o ponteiro se movimente e permaneça parado em qualquer posição que esteja entre o zero e o infinito, significará que uma corrente contínua estará circulando no interior do capacitor, o que mostrará que ele não estará em bom estado. Caso o ponteiro do multímetro vá diretamente ao ponto zero, significará que o capacitor estará em curto. Isso acontece devido ao fato de a corrente elétrica emanada pelas pilhas do multímetro atravesse o capacitor, que danificado internamente não irá oferecer resistência, fazendo com que o ponteiro vá para o zero. Logo, não estará apto para uso.

    Caso o ponteiro não se mova, significará que o capacitor estará sem capacitância, não estando em um bom estado para uso. Isso ocorre quando, no momento em que a carga do multímetro atravessa o capacitor, o mesmo não carrega. Por isso o ponteiro nem ao menos se move.

Comentários
blog comments powered by Disqus