» Casa » Casa e Jardim » Compostagem do lixo: saiba mais

Compostagem do lixo: saiba mais

Galeria
Compostagem do lixo: saiba mais

Segundo pesquisas, o Brasil gera aproximadamente 241,000 toneladas de lixo diárias. Sendo o depósito classificado em: 13 por cento em aterros, 76 por cento a céu aberto, 10 por cento em usinas e 0,1 por cento incinerados. A compostagem trata-se de um processo biológico no qual é possível transformar o lixo orgânico, proveniente de resíduos domésticos, como os encontrados na cozinha e jardim, em adubo para plantas, sendo capaz de melhorar as condições físicas, químicas e biológicas do solo.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    A compostagem pode ser feita por qualquer um e é totalmente grátis, ajuda na redução dos resíduos domésticos, beneficiando o meio ambiente na forma de fertilizante natural para uso em jardins e agricultura. Exemplos de resíduos orgânicos de materiais usados na compostagem incluem: turfa, serragem, acículas de pinheiros, algas marinhas, cerca viva, feno, aparas de grama, rocha moída, galhos de poda, palha, filtros e borra de café, caixas para ovos, penas, cabelos, folhas, gramas, restos de fruta e vegetais, jornais, materiais de madeira, ar, terra e água.

    Alguns exemplos de materiais que devem ser evitados na mistura do composto incluem: madeiras com verniz, madeiras com pesticidas, óleo, vidro, tinta, metal, fezes de animais domésticos e plásticos. Ao fazer a compostagem, é importante notar que quanto maior a diversidade de materiais usados, maior será a diversidade de micro-organismos presentes no solo.

  2. 2

    Entre as vantagens de um sistema de reciclagem de lixo orgânico estão:

    - O gás metano, um gás extremamente prejudicial ao meio ambiente, é impedido de se formar através do processo de fermentação, que ocorre na decomposição da compostagem, em razão do CO2, H2O e biomassa;

    - Reutilização do material agrícola;

    - Nutrientes reciclados para utilização no solo;

    - Tratar efluentes de forma econômica;

    - Em razão da temperatura intensa durante o processamento, torna-se possível a eliminação de patógenos.

  3. 3

    De que forma e em que lugar uma compostagem doméstica pode ser feita? Primeiramente, deve-se levar em conta o tamanho do espaço disponível. Em seguida, amontoa-se o material em pilha usando uma composteira ou aterramento. Se não possuir uma grande quantidade de material, o ideal é usar o método de aterramento.

    Um volume menor que 1 metro cúbico é o recomendado para a quantidade de material a ser colocado na composteira. Se tiver escolhido fazer aterramento, 30 centímetros de profundidade será o suficiente.

    Escolha locais próximos a árvores ou onde há sombra, para que o ressecamento do material seja evitado e também umidade em dias chuvosos.

Comentários
blog comments powered by Disqus