» Casa » Segurança e Dicas Domésticas » Consulta processo civil

Consulta processo civil

Galeria
Consulta processo civil

São diferentes as formas permitidas pela legislação para que uma pessoa consulte um processo civil. Saiba como ter acesso a informações processuais de seu interesse de maneira rápida, prática e eficiente.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Os processos de caráter civil, ao contrário dos processos penais, podem ser visualizados rapidamente via internet por qualquer pessoa. Basta ter o conhecimento de pelo menos um destes dados: nome completo de uma das partes, número do processo, nome completo do advogado de uma das partes ou número do registro do advogado de uma das partes na Ordem dos Advogados do Brasil. Para processos que correm em segredo de justiça, como é o caso dos processos de família, por exemplo, é necessário saber o número exato do processo ou então realizar a pesquisa pelo nome do advogado ou do registro profissional desde, na medida em que não são exibidos os nomes das partes nestas situações por motivos óbvios.

    O primeiro passo é acessar o endereço virtual do tribunal de justiça no qual tramita o processo. Um processo civil que esteja em trâmite na cidade de São Paulo, por exemplo, deve ser consultado no site oficial do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP). O internauta deve clica em consulta processual ou consultas ou em processos - consultas (o nome do link varia em cada um dos tribunais de justiça existentes no país).

  2. 2

    Posteriormente, é necessário indicar se o processo é de primeira ou segunda instância. Os processo de segunda instância são aqueles que passaram por uma primeira avaliação do juiz e estão em discussão em via de recurso. Para os processos de primeira instância, é necessário informar qual a comarca que se deseja pesquisar (comarca de São Paulo, comarca de Campinas, por exemplo). Nem todas as cidades de um estado constituem uma comarca, sendo então necessário conhecer exatamente o fórum onde o processo se encontra.

    Há tribunais de justiça, como o do Rio de Janeiro, por exemplo, que pedem que o internauta informe qual a competência do processo civil, se é um processo relacionado a sucessões, idosos, registro de pessoas naturais, dívida ativa.

  3. 3

    A partir daí, o internauta informa qual o tipo de pesquisa que deseja realizar, se é pelo número do processo, pelo nome de uma das partes, pelo nome completo do advogado ou pela OAB do advogado. Já na página relativa aos andamentos do processo que se deseja consultar, é possível verificar os últimos andamentos do processo na justiça, os dados completos do processo (nome das partes, tipo de ação, valor da causa, nome dos advogados, data da distribuição do processo).

Comentários
blog comments powered by Disqus