» Casa » Segurança e Dicas Domésticas » Consulta Processual RS

Consulta Processual RS

Galeria
Consulta Processual RS

Aprenda a realizar consultas processuais na página oficial do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, de uma forma rápida, prática e eficiente.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Acesse o site do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. No site, logo à direita, você verá um link de busca escrito "Justiça em um clique". Busque por "Andamento Processual". Ou então, clique no link, existente à direita da tela que diz "Processos" e logo depois em "Acompanhamento Processual".


    Ao clicar em "Acompanhamento Processual", você será destinado a uma página na qual deverá escolher qual o tipo de consulta que deseja realizar. Nesta etapa, escolha a pesquisa por número do processo, pelo número do registro na Ordem dos Advogados do Brasil do advogado de uma das partes pertencentes ao processo, pelo nome completo de uma das partes processuais ou pelo número de PEC, que são os processos de execução criminal. Caso esta última seja a sua escolha, você será direcionado para o portal PEC.

  2. 2

    Qualquer que seja a sua opção de pesquisa, você deverá informar se o processo encontra-se em tramitação no Tribunal de Justiça (segunda instância) ou em uma das comarcas (justiça de primeira instância). Escolha corretamente a comarca, de modo a facilitar a busca e digite corretamente o número do processo, o número da OAB ou o nome das partes.


    O site do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul pede também que o internauta informe se a pesquisa é por processos ativos ou baixados, de modo a facilitar a pesquisa e ser o mais específico possível. Neste caso, os processos ativos são aqueles que ainda não possuem uma decisão definitiva da justiça, ao contrário dos baixados, que já foram solucionados com decisão final pelo juiz ou pela corte do Tribunal.

  3. 3

    Lembre-se de que os processo que se encontram com a proteção do sigilo da justiça não podem ser pesquisados pelo nome da parte. Neste caso, é essencial ter conhecimento do número completo do processo.


    Caso você não deseje fazer a pesquisa pela internet, o ideal é recorrer a uma das secretarias do TJRS ou do fórum de uma das comarcas do Estado do Rio Grande do Sul. Neste caso, os serventuários somente autorizam a consulta processual se você for parte do processo ou advogado de uma das partes. Se você é parte, leve consigo a sua carteira de identidade ou outro documento equivalente com foto recente e peça para verificar o andamento do seu processo.

Comentários
blog comments powered by Disqus