» Dinheiro » Leis e Normas » Contrato de compra e venda de imóvel: como fazer

Contrato de compra e venda de imóvel: como fazer

Galeria
Contrato de compra e venda de imóvel: como fazer

Comprar o primeiro imóvel é a realização do sonho de muitas pessoas, mas é preciso estar atento ao contrato de compra e venda, pois ele não é padrão e cada vendedor por fazer do jeito que melhor lhe convier. Conhecer os tipos de contratos mais usados é uma forma de evitar transtornos no futuro e possíveis prejuízos.

Dificuldade
Fácil
Instruções
  1. 1

    Primeiro é preciso entender que existe diferença entre o contrato de promessa de compra e venda do contrato de aquisição do imóvel, embora eles sejam muito parecidos. O contrato de promessa é uma forma de assegurar que o contrato principal irá ser feito, caso um dos lados não cumpra o que foi acordado no contrato de promessa é possível que a parte lesada abra um processo na justiça e ganhe indenização da parte que não cumpriu o acordo. O contrato de aquisição já é a efetivação da venda e da compra do imóvel.

  2. 2

    Para fazer o contrato de aquisição do imóvel é bem simples. A primeira coisa que deve vir no contrato é a especificação do objetivo do contrato. Em cima, coloque em letras maiúsculas “contrato de compra e venda de imóveis”.

  3. 3

    Depois escreva “ contrato relativo a compra e venda de um imóvel por (nome do comprador) e do lado o vendedor (nome do vendedor), na forma acordada abaixo:”

  4. 4

    Na seqüência coloque o nome da cessionária compradora, o cedente do vendedor e o tipo de imóvel residencial (casa, apartamento, chácara e etc.).

  5. 5

    Escreva um parágrafo com todas as informações do imóvel, do comprador e do vendedor. Deve ter RG, CPF, endereço e estado civil de ambas as partes. É importante verificar se o imóvel está realmente legalizado antes de efetuar a compra definitiva.

  6. 6

    Na clausura primeira explique que o cedente vendedor é o real proprietário do imóvel em questão e que ele declara a venda. Coloque novamente os dados do imóvel, tais como endereço, cidade e estado no qual ele está localizado, área total, área construída, quantidade de cômodos e eventuais detalhes.

  7. 7

    Esse contrato deve ser assinado pelo comprador, pelo vendedor e por pelo menos duas testemunhas. É importante fazer duas cópias e lavrar em cartório, assim cada parte fica com uma cópia para garantir o que foi acordado.

  8. 8

    Vale lembrar que esse tipo de contrato deve ser elaborado por um advogado, pois cada transição tem particularidades diferentes e é difícil definir um padrão que se encaixe todos os detalhes. Esse é um documento de suma importância, visto que comprar um imóvel é um investimento relativamente alto.

Comentários
blog comments powered by Disqus