» Dinheiro » Leis e Normas » Contrato de Compra e Venda de Terreno: Como Fazer

Contrato de Compra e Venda de Terreno: Como Fazer

Galeria
Contrato de Compra e Venda de Terreno: Como Fazer

Muitas pessoas optam pela compra de um terreno, por ser, geralmente, mais barato que a compra de um imóvel já pronto e pelo beneficio de construir sua casa ou escritório como quiser.

Porém deve-se cuidar muito com o contrato, pois ele é a prova inicial de que o terreno é seu, e você precisará dele para conseguir a escritura e outros documentos que comprovam que o terreno é seu.

Abaixo vemos algumas dicas de como fazer o contrato de compra e venda.

Instruções
  1. 1

    O passo inicial é decidir se a compra será feita diretamente com o proprietário ou através de uma imobiliária. Caso seja feito com a imobiliária, ela cobra diversas taxas que geralmente são pagas pelo comprador, mas há o beneficio em que a imobiliária se responsabiliza pelo contrato, por isso, se você não tiver experiencia na criação de contratos, ou se tiver algum desentendimento com o proprietário, é sempre bom recorrer ao um profissional para que você tenha seus direitos assegurados.

  2. 2

    Caso a compra seja feita direto com o proprietário, você deve se certificar que o contrato possui os seguintes itens:
    - Preço total
    - Valor da entrada, se houver
    - Forma de pagamento
    - Datas de pagamento
    - Juros e multa a serem cobrados se houver atraso no pagamento
    - Medição do terreno
    - Localização do terreno
    - Nome do proprietário do terreno

    Estes são os dados básicos, podem ser adicionados mais se for conveniente.
    Também é bom o comprador se certificar de que o terreno está localizado em uma área onde a prefeitura da cidade permite construção, e se o terreno está registrado na prefeitura do nome do proprietário.

  3. 3

    Também é possível contratar um advogado somente para avaliar o contrato e dizer se há algum problema com ele, isso deve ser feito caso se sinta necessidade.

    Após a assinatura do contrato, este deve ter no mínimo duas testemunhas, deve-se se dirigir ao cartório da cidade, para autenticar o documento e dar inicio a passar o terreno para o nome do comprador. Alguns cartórios, mediante pagamento de taxas, fazem toda a documentação necessária, regularizando o terreno no nome do novo dono em todos os locais necessários. Essa é a melhor forma e evita maiores dores de cabeça para o comprador.

    O antigo proprietário deve se dirigir ao cartório junto com o novo dono na primeira vez para assinar os documentos que darão inicio a transferência do terreno corretamente.

Comentários
blog comments powered by Disqus